Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Fernando Lugo será submetido à cirurgia de próstata

08 janeiro 2010 - 12h04

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, será submetido nesta sexta-feira, 8, a uma cirurgia na próstata. O ministro de Comunicação, Augusto dos Santos, informou ontem sobre o fato, afirmando que Lugo tem um "problema leve".

O ex-bispo católico, de 58 anos, fez um check-up na terça-feira. Santos esclareceu que, durante os exames, foi detectado "o problema leve, próprio da idade", que tornou a cirurgia necessária. Não foi revelado, porém, qual seria exatamente o problema na próstata de Lugo.
Antes, o médico pessoal do presidente, Nelson Martínez, havia falado somente sobre "uma inspeção rotineira de suas varizes, porque passa muito tempo de pé ou sentado". "O ideal é que caminhe muito", notou Martínez.
Lugo assumiu a presidência paraguaia em 2008. Ex-bispo, tornou-se alvo de polêmica após ser alvo de três processos de paternidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
DOURADOS
Homem é encontrado morto debaixo da ponte do córrego Calarge
EDUCAÇÃO
SED cria página para transmissão das aulas em tempo real pela internet
INFLUENZA
Estado chega a quase 2 mil notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave
POLÍCIA
Abordado em carro com placas da capital, viciado entrega traficante em Dourados
CAPITAL
Primo desaparecido pode ser oitava vítima do "pedreiro assassino"
DATAFOLHA
Pesquisa aponta que 67% reprovam aproximação de Bolsonaro com 'Centrão'
TERÇA-FEIRA
Rua Júlio Marques de Almeida no Parque Alvorada será preferencial
AUTORIZAÇÃO
PF diz ao Supremo para ouvir Bolsonaro em inquérito sobre interferência
ECONOMIA
Quarto sorteio do Nota MS Premiada será realizado neste sábado

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown