Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Federer arrasa Murray e conquista o tetra no Aberto da Austrália

31 janeiro 2010 - 09h40

Firme nas devoluções e bastante concentrado, o suíço Roger Federer se tornou campeão do Aberto da Austrália pela quarta vez na carreira. Nesta manhã de domingo, o suíço, principal cabeça de chave do Grand Slam, não deu chance ao rival britânico Andy Murray e venceu por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/6 (13-11).

Com a vitória, Federer entra para o seleto grupo de tenistas que conquistaram o major australiano quatro vezes. Roy Emerson, em seis oportunidades, e Andre Agassi, Jack Crawford e Ken Rosewall, com quatro títulos, são os maiores vencedores. Federer levantou a taça em 2004, 2006, 2007 e agora 2010.

Além disso, o suíço aumenta a sua hegemonia na história do circuito. Agora são 16 taças de Grand Slam: quatro na Austrália, uma em Roland Garros, seis em Wimbledon e cinco no Aberto dos EUA. Pete Sampras, já aposentado, é quem mais está perto do recorde de Federer, com 14 taças.

Já Murray, que buscava se tornar o primeiro britânico campeão de um Slam desde 1936, quando Fred Perry triunfou no Aberto dos Estados Unidos, viu o jejum aumentar.

Muito agressivo, Federer brilhou com 47 bolas vencedoras, a maioria de direita, mas muitas também de esquerda. O teórico golpe mais fraco do número um do mundo foi seguidamente explorado desde o início da partida, contudo não fraquejou, rendendo grandes bolas na paralela e na cruzada.

Federer quebrou o saque de Murray já no segundo game da partida. Aproveitando-se de grandes contra-ataques, o britânico ainda empatou o marcador na sequência e colecionou três break points para abrir 3/2.

Perdidas as oportunidades, teve seu saque quebrado novamente, fato que deu o domínio das ações ao suíço até a metade da terceira parcial.

Também sacando muito bem diante de um exímio devolvedor - foram 11 aces e 72% de pontos ganhos quando encaixou o primeiro serviço -, Federer só foi ser quebrado novamente no sexto game do terceiro set. Esse fato permitiu que Murray servisse para fechar a parcial, mas não ele não resistiria.

No tie-break, o quarto colocado do ranking novamente teve oportunidades, mas perdeu quatro set-points, dois deles quando estava no ataque, com erros não forçados. Dos demais o vencedor se livrou com um grande saque e um voleio. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SETE QUEDAS
Polícia apreende quase 400 kg de maconha sendo trasportada em carro
PRF
Caminhonete roubada após sequestro teria Dourados como destino
BRASIL
Captação da poupança bate recorde em maio
LEGISLATIVO
Sancionada lei que define 12 de novembro como o Dia do Pantanal
ARTIGO
Amor e harmonia na pandemia, o desafio!
PANDEMIA
Onze dias após 'bater' mil casos de coronavírus, MS deve dobrar número
CONTRABANDO
Veículo abarrotado de cigarros é apreendido em barreira policial
OPERAÇÃO TNT
Investigação teve início após PRF desconfiar de valores superfaturados de máscaras
DOURADOS
Após apelo de Reinaldo, Geraldo Resende permanece no governo
DOUTORADO
Prêmio Capes de Tese registra recorde de inscrições

Mais Lidas

EPICENTRO
Casos de coronavírus "explodem" e Dourados registra recorde de confirmações
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PANDEMIA
Comitê aponta surtos de coronavírus em dois pontos de Dourados
TRÁFICO DE DROGAS
Casal é preso após entreposto da droga ser fechado em Dourados