Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99257-3397

FCO já aprovou R$357,2 mi em projetos para o MS

15 maio 2006 - 08h54

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), que tem como presidente do Conselho Estadual (Condel), o secretário de Produção e Turismo (Seprotur), Wilson Roberto Gonçalves, analisou e aprovou nos cinco primeiros meses do ano 171 projetos de financiamento. Os mesmos somaram cerca de R$ 357,2 milhões, atingindo uma média de R$ 2 milhões por proponente, “contemplando diversas linhas de crédito apoiadas pelo Fundo, segundo prioridades definidas pelo governo do Estado em apoio aos programas desenvolvidos pela Seprotur juntamente com as Câmaras Setoriais”, aponta Gonçalves.Só na última Reunião Ordinária, realizada semana passada, dia 9, foram analisados 32 processos no valor de R$ 76,2 milhões. Desses, 27 receberam anuência prévia, com projetos de cerca de R$ 71,1 milhões, dois não foram anuídos e três mantiveram-se sob análise e devem ser apreciados posteriormente durante reunião do Conselho do FCO que, segundo Wilson Gonçalves, deve ser agendada de acordo com a demanda de projetos.De acordo com o balanço do Conselho Estadual de Investimentos Financiáveis pelo FCO (CEIF/FCO), entre os 171 empreendimentos anuídos o segmento de maior expressão foi o Rural, com 97 propostas. Na seqüência estão projetos na área de Comércio e Serviços (35), Industrial (21), Pronatureza (10), Turismo Regional (4), Retenção de Matrizes (2), Infra-Estrutura Econômica (1) e Integração Lavoura-Pecuária (1). Entre os grandes empreendimentos industriais deliberados se destacam os seguintes: Agroindustrial Parati Ltda, para implantação de alojamento de matrizes em São Gabriel do Oeste, cujo valor do projeto é de R$ 51,8 milhões; Usina Laguna, para implantação de uma Usina de Açúcar e Álcool em Batayporã, cujo valor do projeto é de R$ 40,4 milhões e EMPLAL C.O. Embalagens Plásticas Ltda, para implantação de uma unidade industrial em Três Lagoas, cujo valor do projeto é de R$ 41,1 milhões. Dentro do esforço para diversificação da economia no Estado, também merecem destaque os empreendimentos no segmento de reflorestamento, atividade esta que vem despertando o interesse de produtores rurais e de novos empreendedores no setor do agronegócio. “É uma oportunidade de diversificar a produção em diferentes regiões do Estado, inclusive, na região de fronteira com o Paraguai”, destaca o secretário executivo do Conselho, Jerônimo Chaves, apontando 10 propostas nessa área.  No setor de comércio e serviço devem ser ressaltadas as demandas para ampliação e modernização de clínicas médicas e hospitalares. As mesmas possibilitam ao Estado a disponibilização de serviços especializados muitas vezes buscados em grandes centros do País como São Paulo, Campinas, e outros. Nessa área o destaque vai para a implantação de uma indústria de lentes oftálmicas em Campo Grande, a Prodigy Oftálmica. O grupo brasileiro vai importar tecnologia americana para fabricação de lentes de policarbonato em substituição às lentes de resina. A previsão de investimento é de aproximadamente R$ 11,8 milhões entre obras, máquinas e equipamentos, assessoria e consultoria técnica internacional, além de gerar em torno de 70 empregos direto. “Esse empreendimento representa um grande avanço tecnológico para o segmento óptico e o FCO apóia, inclusive, a compra dessa tecnologia”, destaca o secretário de Estado da Produção e do Turismo, Wilson Roberto Gonçalves.Já no setor do turismo, que até então vinha demandando poucos recursos do FCO, no presente ano já foram aprovadas quatro cartas-consulta para construção e ampliação de hotéis no interior do Estado, inclusive, com instalação de Centro de Convenções, como ocorreu no município de Rio Verde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UFGD promove show com a banda Vokalika, nesta sexta
MÚSICA
UFGD promove show com a banda Vokalika, nesta sexta
PMA sobrevoa rio para planejamento de proteção de cardumes devido ao baixo nível de água
POLÍCIA
PMA sobrevoa rio para planejamento de proteção de cardumes devido ao baixo nível de água
Dourados diminui toque de recolher e libera música e sinuca, mas parques continuam fechados
NOVO DECRETO
Dourados diminui toque de recolher e libera música e sinuca, mas parques continuam fechados
ECONOMIA
Dólar tem nova queda e fecha a R$ 4,90
Detetive que comandou execução de esposa e comparsa são transferidos para PED
DOURADOS
Detetive que comandou execução de esposa e comparsa são transferidos para PED
POLÍCIA
Em ação conjunta polícia prende jovem suspeito de furtar três residências
BRASIL
Ministro do STF determina novamente prisão de Daniel Silveira
INFRAESTRUTURA
Governo e BB assinam contrato para investimentos em rodovias de MS
LOTERIA
Quina de São João paga R$ 190 milhões no próximo sábado
POLÍCIA
Jovem é detido enquanto furtava betoneira

Mais Lidas

DOURADOS
Marido de mulher executada em emboscada é encaminhado para prestar depoimento
EXECUÇÃO
Bilhete ajuda SIG a prender suspeita de atrair detetive e atirador é localizado no MT
CAMPO GRANDE
Homem é espancado e confundido com serial killer depois de ser abandonado em rodovia
DOURADOS
Relacionamento conturbado e bens patrimoniais teriam motivado execução de Zuleide