Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Fazendeiro queimado será ouvido em juízo pela primeira vez

30 agosto 2004 - 21h52

O fazendeiro paraguaio Eugênio Campuzano, indiciado pela queda do avião Bonanza que matou duas pessoas no dia 28 de maio no Paraguai, prestará depoimento à Justiça no próximo dia 17 de setembro. As informações serão colhidas na 3ª Vara de Campo Grande. Seu advogado, João Manuel Armoa, aponta que pedirão revisão do processo, “já que não existe prova concreta que aponte o fazendeiro como autor de latrocínio”, disse, em entrevista.Eugênio Campuzano chegou a ser ouvido no hospital por um delegado de Tupã, alguns dias depois do acidente que queimou metade de seu corpo, quando sua prisão preventiva decretada pelo juiz Reinaldo Mateli da comarca de Tupã, interior de São Paulo. Porém o advogado do paciente reclama que durante o depoimento Eugênio Campuzano estava sedado sob o efeito de medicamentos, não estava enxergando em virtude das pálpebras queimadas e não pode ler e assinar o que disse, pois suas mãos também estavam queimadas.“Desta vez ele será ouvido por um juiz, com a presença de seu advogado e com direito à resposta às graves acusações que o assolam”, disse João Armoa, que está no Paraguai, onde investiga o inquérito e o mandado de prisão expedido também pelo país vizinho já que o acidente ocorreu em solo paraguaio, envolvendo uma aeronave brasileira sequestrada. O advogado chega amanhã em Campo Grande para tratar da dívida acumulada na Santa Casa, que ultrapassa os R$ 125 mil, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas
BATAGUASSU
Mulher pediu medida protetiva quatro dias antes de ser morta pelo ex

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS