Menu
Busca sábado, 15 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Fazendeiro é preso por trabalho escravo no Pará

12 agosto 2004 - 23h41

A Polícia Federal prendeu o fazendeiro Milton Ribeiro de Oliveira, acusado de reincidir no uso de trabalhadores em regime de escravidão, na fazenda Sossego e no garimpo Corta-goela, em Canaã dos Carajás, sul do Pará. Milton de Oliveira foi preso em Xinguara e levado para o presídio de Redenção, mas deve ser transferido para Marabá, onde corre o processo judicial. A prisão do fazendeiro foi pedida pelo Ministério Público Federal (MPF). O processo contra Milton de Ribeiro começou em 2003, quando o Grupo Móvel de Fiscalização contra o Trabalho Escravo encontrou 47 trabalhadores em condições desumanas em suas propriedades. Mesmo denunciado à Justiça, ele reincidiu, e, em fevereiro passado, os fiscais do Ministério do Trabalho libertaram, nas mesmas propriedades, 28 trabalhadores. No pedido de prisão recebido pelo juiz federal Francisco de Assis Garcês, o MPF relata as condições em que foram encontrados os trabalhadores. "O proprietário continuou a aliciar os trabalhadores, submetendo-os a condições degradantes, seja relacionada à forma como era exercida a atividade agropecuária, não havendo sequer o patrocínio dos EPI (Equipamentos de Proteção Individual) por parte do empregador, ou mesmo pela gritante precariedade dos alojamentos", escreveu o procurador no pedido de prisão. O fazendeiro vai ficar preso até ser julgado na ação penal em que é acusado e pode ser condenado de três meses a oito anos de prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem morre após bater motocicleta na traseira de caminhonete
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
SAÚDE
Dourados vai receber recursos para ampliação de esgotamento sanitário
BATAGUASSU
Ex-marido descarrega revólver contra mulher que fica em estado grave
EDUCAÇÃO
Professores desenvolvem projeto que busca integrar Escola e Universidade
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
Jovem de 21 anos é autuada por incêndio em vegetação e resíduos
SAÚDE
Anvisa autoriza produto à base de cannabis em projeto com a Fiocruz
POLÍCIA
Suspeito de assassinar artista plástica em Campo Grande é morto pela polícia
Governo libera R$ 2,61 bilhões para as universidades federais
AQUIDAUANA
Quadrilha especializada em abigeato é presa enquanto dividia carcaça de vaca
REGIÃO
Barbosinha ressalta trabalho de Tereza Cristina ao prestigiar entrega de títulos

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor