Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Faturamento dos produtores de grãos será 35% menor

11 julho 2005 - 10h06

Os produtores brasileiros de grãos terão uma queda de 35% em seu faturamento bruto este ano, ante o ano passado, em virtude da valorização cambial e dos problemas climáticos sofridos pela safra, no primeiro semestre - principalmente a seca na Região Sul. Mas as perspectivas futuras são mais otimistas: o País pode superar os Estados Unidos e se tornar o maior produtor mundial de soja em dez anos. Atualmente o Brasil é o segundo maior produtor. As projeções foram divulgadas ontem pelo secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ivan Wedekin. Em palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ), ele informou que o valor bruto da produção de grãos, que engloba as colheitas de arroz, algodão, milho, soja e trigo, será em torno de R$ 48 bilhões em 2005, ante R$ 73 bilhões em 2004. Em 2003, o faturamento bruto girou em torno de R$ 70 bilhões. "Dessa queda de 35%, podemos dizer que 68% vem da valorização do real." O secretário lembra que a soja é uma commodity, cujo preço é definido basicamente pelo mercado internacional. "O que aconteceu foi que o agricultor comprou safra com o dólar a R$ 3 e está colhendo a R$ 2, estamos enfrentando uma crise agrícola, isso explica o tratoraço", disse, em referência ao protesto de produtores rurais, há duas semanas, em Brasília. O secretário admitiu que houve lentidão do governo para resolver o problema, e que as ações da União "não foram perfeitamente adequadas para essa tsunami na agricultura". Porém ele é otimista quando fala do futuro a longo prazo. Em dez anos, o Brasil pode ocupar a primeira posição como principal produtor de soja no mundo, superando os EUA. Segundo ele, nesse período, o cenário de estabilidade macroeconômica do País será completo. "Com isso, o Brasil terá condições de reduzir os juros e fazer investimentos em infra-estrutura. Isso diminuiria muito o custo de distribuição de nossos produtos, reforçando nossa competitividade." Além disso, ressaltou, dentro da fazenda o custo de produção agrícola brasileira é muito mais baixo do que nos EUA. De acordo com Wedekin, a produção de soja brasileira esse ano deve girar em torno de 50 milhões de toneladas, e a produção dos EUA, em torno de 75 milhões a 80 milhões de toneladas. "Mas o foco da produção agrícola dos Estados Unidos é produzir mais milho, porque eles estão fazendo álcool do milho, já que não têm condições de plantar cana-de-açúcar." Na palestra, o secretário criticou o nível elevado de juros no Brasil, e sua influência negativa no desenvolvimento dos agronegócios do País. Wedekin afirmou que há cada vez menos dinheiro para a execução de política agrícola no Brasil. "Parece que a prioridade número um do Brasil é pagar juros."

Deixe seu Comentário

Leia Também

João Luiz é o 12º eliminado do 'BBB21', com 58,86% dos votos
TELEVISÃO
João Luiz é o 12º eliminado do 'BBB21', com 58,86% dos votos
AJUDA DO GOVERNO
Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 5
Operação desarticula quadrilha que fornecia drogas do MS para capitais do Brasil
DOURADOS
Operação desarticula quadrilha que fornecia drogas do MS para capitais do Brasil
'Cassems Itinerante' leva atendimento com especialistas ao interior
SAÚDE
'Cassems Itinerante' leva atendimento com especialistas ao interior
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões amanhã
LOTERIA
Mega-Sena acumula e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões amanhã
DOURADOS
Tribunal determina perícia para encontrar 61 hectares da Reserva Indígena
TV DOURADOS NEWS
Diretor da Aced fala do encontro com a prefeitura, entidades e empresários sobre ''acessibilidade''
MATRÍCULA
UFGD convoca aprovados em 2ª chamada no Vestibular da EAD
PONTA PORÃ
Trio é preso com arma, dinheiro e bloqueador de sinal em frente a presídio
POLÍTICA
Nelsinho Trad destaca que Dourados recebeu R$ 20,8 milhões da União

Mais Lidas

DOURADOS
Grupo receberia comissão se conseguisse negociar carga de maconha no Água Boa
DOURADOS
Jovem confessa 18 tiros, mas diz que idoso morreu antes por enforcamento
IVINHEMA
Polícia encontra mais de 800kg de maconha em casa alugada para o tráfico
DOURADOS
Ladrão invade alojamento do Hospital da Vida e leva pertences de enfermeiras