Menu
Busca quinta, 15 de abril de 2021
(67) 99257-3397

FAT aprova proposta da Câmara para agricultores

03 junho 2005 - 09h01

Os agricultores do Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul que tiveram prejuízos na lavoura causados pela seca vão receber um socorro de R $ 1 bilhão. Os recursos virão do Fundo de Amparo ao Trabalhador e serão destinados a pagar dívidas com fornecedores. A proposta, apresentada pela Comissão de Agricultura da Câmara, foi aprovada nesta quinta-feira pelo Conselho Deliberativo do FAT. Os agricultores vão pagar juros de 8,75% ao ano pelo financiamento. O deputado Waldemir Moka (PMDB-MS), que participou das negociações, ressaltou que essa é uma ajuda emergencial. "Na verdade, nós estamos fazendo quase que uma triangulação. Você cria um fundo. O recurso é do FAT. Só que esse dinheiro do FAT precisa ser remunerado, precisa ser devolvido o principal e os juros de 17%. O produtor vai pagar 8,75% que é o crédito oficial e a diferença vai ser paga pelo fornecedor. E o fornecedor está topando entrar nessa porque é a única forma que ele está vendo de receber também”. Moka lembrou que a expectativa dos agricultores era de colher entre 40 e 50 sacas de soja por hectare e, com a seca, foram colhidas apenas 15.Liberação dos recursosO deputado Luís Carlos Heinze (PP-RS) calcula que o dinheiro do FAT para atender agricultores prejudicados pela estiagem deve estar disponível até o fim deste mês. "O importante é que pela primeira vez isso está ocorrendo. Os produtores hoje têm que renegociar os seus débitos com dois, três, quatro meses e juros de 3%, 4% ao mês, o que praticamente inviabiliza os produtores."A princípio, o agente financeiro que vai operar os recursos do FAT para os agricultores é o Banco do Brasil, mas outras instituições poderão ser incluídas. O refinanciamento será possível apenas para os produtores de municípios atingidos pela estiagem e cujo estado de emergência tenha sido reconhecido pelo governo federal. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ORDEM DO DIA
Exercício físico como atividade essencial em MS é aprovado na Assembleia
STF mantém preso empresário acusado de lavar dinheiro do tráfico em MS
OPERAÇÃO STATUS
STF mantém preso empresário acusado de lavar dinheiro do tráfico em MS
Polícia desarticula quadrilha comandada por internos da PED
NAVIRAÍ
Polícia desarticula quadrilha comandada por internos da PED
Ministério aprova zoneamento agrícola de risco climático para cultivo de citros em MS
CITRICULTURA
Ministério aprova zoneamento agrícola de risco climático para cultivo de citros em MS
Deputado apresenta indicação para que pessoas com sequelas da Covid-19 sejam reinseridas no mercado
LEGISLATIVO DE MS
Deputado apresenta indicação para que pessoas com sequelas da Covid-19 sejam reinseridas no mercado
BRASIL
Senado cria Frente Parlamentar pelo Desarmamento
ARQUITETURA E DESIGN
Caderno de "Arquitetura e Design" é ferramenta de divulgação em massa com resultados
NEGÓCIOS IMOBILIÁRIOS
Como se preparar para o planejamento tributário imobiliário? Entenda!
LOGÍSTICA
MS cobra de Ministério posicionamento quanto a decisão do Paraguai de suspender licitação de ponte
COMER BEM
Aprenda essa receita de Verrine de geleia de casca de abacaxi com coco queimado

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
DOURADOS
Polícia prende suspeito de tentar matar homem a tiros no Parque do Lago II