Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Família de MS fica presa no Chile após ter ido a casamento

28 fevereiro 2010 - 10h25

Familiares que foram de Campo Grande para o casamento da fisioterapeuta Letícia Castro Sousa, de 34 anos, no Chile, no último dia 20, ficaram presos no país por causa do terremoto registrado neste sábado, o mais grave em 25 anos.

Via e-mail, Letícia entrou em contato com o Campo Grande News e relatou que “a coisa está feia por aqui, e acho que vai ficar pior”. Ela mora no país há um ano e oito meses.

Em uma viagem ao Chile feita há certo tempo, ela conheceu o marido, que é chileno. No dia 29 de agosto do ano passado Letícia se casou em Campo Grande e na semana passada realizou a cerimônia no Chile.

Segundo ela, 12 pessoas se dirigiram ao país para a festa. Os pais, Julio Cesar de Sousa, e Maria de Castro Sousa, tinham voo marcado para hoje. Como o aeroporto da cidade em que Letícia mora está interditado por conta da tragédia, os pais tiveram de permanecer no local. Ela não informou se os outros convidados também permanecem em Puerto Varas, cidade onde vive.

“Ninguém do governo entrou em contato conosco, preferimos ficar quietos porque estamos bem, e nossos familiares sabem que estamos bem, isso é que é importante”, relata Letícia.

Letícia trabalha no Chile como fisioterapeuta, embora também possua curso superior em Direito. Ela é nascida em Minas Gerais, na cidade de Viçosa, mas diz que viveu a maior parte do tempo em Campo Grande.


Deixe seu Comentário

Leia Também

DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua
CULTURA
CineClube UEMS terá encontros online com filmes sobre pandemia
LOTERIA
Confira os números da Mega-Sena, que paga prêmio de R$ 33 milhões
JARAGUARI
Caminhonete paraguaia com R$ 5 mil em multas é apreendida em MS
CORUMBÁ
Companhia aérea deve indenizar por atraso de voo sem justificar motivo
SAÚDE
HU de Dourados lança Manual de Aleitamento Materno em formato de livro
CAMPO GRANDE
Homem passa mal, mobiliza Bombeiros e Samu e morre a caminho de UPA
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 1.086 mortes por Civid-19 em 24 horas e chega a 25.598
CAPITAL
Homem é encontrado na rua, vai para CTI e morre sem identificação

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher