Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

Famasul quer parceria para vacinação em áreas invadidas

30 janeiro 2004 - 16h28

O presidente da Federação da Agricultura de Mato Grosso do Sul (Famasul), Léo Brito, disse que a federação vai buscar parceria entre a Delegacia Federal de Agricultura (DFA) e o Iagro para vacinar os cerca de oito mil cabeças de gado, que estão nas fazendas ocupadas por indígenas nas regiões de Japorã e Iguatemi.Outra preocupação, segundo Brito, são as plantações de soja da região. Para ele, a preocupação é com o aspecto sanitário das lavouras e da responsabilidade de produzir alimentos sadios. “Nós tomamos a decisão de apoiar os produtores rurais de Japorã e Iguatemi e não vamos permitir que irresponsáveis e baderneiros de qualquer natureza venham estragar produtos de boa qualidade”, disse, se referindo aos índios que ocupam as fazendas.Brito afirmou que os produtores estão se organizando, para que no decorrer da próxima semana possam ir até o local para fazer a vacinação, além de conferir a situação das lavouras, que segundo ele, estão abandonadas. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVID-19
Justiça destina recurso para presos de Dourados confeccionarem máscaras
DOURADOS
Ordem judicial prevê atendimento para 3 mil na fila de espera do Raio-X
FURTO
Vítima deixa carro em frente a residência e é furtado no Canaã I
FLAGRANTE
"Batida" em assentamento encontra espingardas e prende homem que ameaçava moradores
Educação
Sete plataformas digitais e metodologia para aprender inglês
ELEIÇÕES 2020
Por ora, eleições estão confirmadas para outubro
FURTO
Homem tem moto furtada em frente a condomínio no Jardim Caramuru
INFORME PUBLICITÁRIO
São Bento Incorporadora desenvolve seu novo site visando ampliar a experiência dos usuários
NEGÓCIOS & CIA
Visual informática: Dicas de manutenção preventiva de computadores e notebook
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS