Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Exército não divulga resultado de inquérito sobre 2 mortes

27 janeiro 2010 - 17h30

O Exército Brasileiro decidiu não divulgar o resultado do IPM (Inquérito Polícia Militar) sobre as duas mortes de militares durante treinamento em novembro do ano passado no Pantanal. Nem familiares tiveram acesso ao resultado da investigação, realizada nos últimos dois meses.

O IPM investigou as causas das mortes do cabo Diego Augusto de Lima Leite e do soldado Antônio José dos Santos Neto, ambos de 21 anos, ocorrida durante um treinamento no Pantanal, na região do Rabicho, na base do 6º Distrito Naval de Ladário. O processo policial foi concluído no dia 25 deste mês. O Exército alegou “sigilo” para não divulgar o resultado da apuração.

Em entrevista ao Diarionline, o advogado contratado pela família do cabo Lima, Luiz Fernando Toledo Jorge, informou que nem eles tiveram acesso aos resultados da investigação. Ele pretende vir à Campo Grande para requisitar à Justiça Militar acesso ao inquérito.

Apesar de esconder o resultado da investigação, o Exército tentou se justificar. “O Exército Brasileiro não pactua com nenhum tipo de irregularidade e apura rigorosamente todas as denúncias recebidas, agindo com impessoalidade, tendo o cuidado de não ferir os direitos individuais previstos na Constituição Federal”, alegou, mas sem revelar os culpados pelas fatalidades.

“Não deixaram que tivéssemos acesso aos autos, informaram a conclusão somente para as famílias e a portas fechadas”, disse o advogado Jorge, que é presidente da subseção da OAB/MS em Corumbá, ao Diarionline. Somente após tomar conhecimento da conclusão do IPM é que terá argumentos para definir quais medidas judiciais deverá tomar.

Outros dois militares, os soldados Victor Hugo Serrudo de Cabrera e Izan Eduardo da Silva Filho também se sentiram mal no mesmo treinamento e chegaram a ser internados, mas, se recuperaram.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO DE DROGAS
Homem é preso transportando toneladas de maconha na BR-463
UFGD
Universitários podem se inscrever em competição de esportes on-line
LOTERIA
Mega-Sena acumula mais uma vez e prêmio vai a R$ 38 milhões
CAPITAL
Golpista clona WhatsApp de vereador e pede dinheiro a pelo menos 30 pessoas
AJUDA DE 600 REAIS
Mais 2,5 milhões de pessoas recebem hoje o Auxílio Emergencial
MORENINHAS
Idoso morre carbonizado durante incêndio em residência
IMPOSTO
Licenciamento de veículos com placas final 1 e 2 vence nesta sexta
INVESTIGAÇÃO
Governo pede ao STF que suspenda depoimento de Weintraub
SIDROLÂNDIA
Motociclista morre em acidente com caminhão boiadeiro na BR-060
TEMPO
Quinta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher