Menu
Busca terça, 26 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Excesso de higiene na infância debilita saúde de adulto

10 dezembro 2009 - 11h00

Os pais que deixam os filhos brincar à vontade, sujando-se, talvez os estejam ajudando, protegendo-os contra algumas enfermidades --fundamentalmente cardíacas-- quando adultos, segundo um estudo americano. "Nossas pesquisas permitem pensar que ambientes superlimpos, muito higienizados, na infância podem aumentar o risco de inflamação na idade adulta --o que, ao mesmo tempo, aumenta o risco de contrair uma grande quantidade de doenças", destacou Thomas McDade, principal autor do estudo.
Sua equipe de pesquisadores, da Northwestern University de Chicago, (Illinois, norte dos EUA), quis compreender melhor em que medida o ambiente afeta a produção de proteína C-reactiva (ou CRP), que aumenta em caso de inflamação, isto é, quando o corpo reage a uma infecção ou a uma ferida. Foram analisados os dados de um estudo realizado nas Filipinas com filhos de de 3.327 mulheres, nascidos nos anos 1980, desde seu nascimento até os 22 anos.
As crianças foram submetidas a controles a cada dois meses durante os primeiros dois anos de sua vida e, depois, a cada quatro ou cinco anos. A higiene fazia parte dos elementos controlados (fundamentalmente para saber se conviviam com animais domésticos, como porcos ou cachorros), assim como o rendimento da família.
A retirada de mostras de sangue comprovaram que essas crianças filipinas haviam sofrido mais enfermidades infecciosas do que as americanas. Mas, como jovens adultos, seu sangue apresentava concentração de CRP muito menor que a dos americanos da mesma idade, tendendo a mostrar que sofriam menos inflamações.
A concentração média de CRP era de 0,2 mg por litro de sangue entre os filipinos contra 1 a 1,5 mg entre os americanos. "Nos Estados Unidos, temos tendência a pensar que devemos proteger a qualquer preço os bebês e as crianças contra micróbios e patógenos", informou Thomas McDade. "Mas, talvez, privemos suas funções imunológicas de aportes externos importantes, necessários para guiar o desenvolvimento destas funções até a idade adulta", acrescentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEDICAMENTOS
Mato Grosso do Sul é destaque no Senado por ação humanitária no Amapá
ECONOMIA
Brasil vai exportar carne bovina para a Tailândia
ORDEM DO DIA
Atendimento educacional a aluno internado segue para sanção
FLAGRANTE
Quase meio milhão de maços de cigarros contrabandeados são apreendidos em MS
COVID-19
Dourados tem 36 pacientes recuperados e 136 em isolamento domiciliar
RIO DE JANEIRO
Operação Placebo aprofunda investigações sobre corrupção na saúde
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher
FIM DA ROTA
Investigação iniciada em Minas resultou em operação que prendeu 17 em MS
INFORME PUBLICITÁRIO
Sopa? Sim, Paraguaia! Saiba a história dessa iguaria tão amada pelos sul-mato-grossenses que faz parte do cardápio da Casa de Vó
COVID-19
Saúde confirma mais 28 casos de coronavírus e Dourados chega a 180 pessoas com a doença

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dois meses após decreto de emergência, Dourados confirmou 127 casos de Covid-19
PANDEMIA
Número de pacientes internados por coronavírus em Dourados sobe 50% em 24h