Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Exame de DNA pode ser obrigatório em caso de estupro

16 janeiro 2004 - 11h43

A deputada Zelinda Novaes (PFL-BA) é autora de um projeto (PL 1041/03) que obriga a realização de exame de DNA nos casos de estupro ou atentado violento ao pudor.A intenção é reduzir a impunidade em crimes sexuais.Essa tecnologia, que foi introduzida no Brasil na década 80, apresenta uma margem de acerto de 99,99% e, hoje, é admitida pelo Poder Judiciário como meio eficaz de se comprovar fatos. "O exame de DNA é o que se tem de mais avançado em matéria de prova pericial", avalia Novaes. A parlamentar argumenta ainda que a obrigatoriedade do teste tornará ágil e eficaz a prestação jurisdicional.A matéria aguarda parecer da deputada Edna Macedo (PTB-SP) na Comissão de Constituição e Justiça e de Redação. Se for aprovado na comissão e não houver recurso de parlamentar para votação em Plenário, o projeto será enviado, depois, para análise do Senado Federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Combate à pandemia mobiliza voluntários em diversas frentes
COVID-19
Barreiras sanitárias abordaram 13,6 mil pessoas em MS
MUNDO
Papa inicia Semana Santa com celebração sem presença de fiéis
COVID-19
Gerente técnico de medicamentos da Vigilância Sanitária alerta sobre riscos da automedicação
COVID-19
Estado tem mais três confirmações do novo coronavírus em 24 horas, todas no interior
DOURADOS
Mais de mil servidores com salários acima de R$ 4,5 mil receberão na segunda
MS
Procuradoria-Geral do Estado mantém seção especial sobre o Covid-19 no site
STJ
Negado pedido de habeas corpus coletivo para todos os presos em grupos de risco do coronavírus
BRASIL
Ministério da Saúde alerta que não pede doação de dinheiro
ESTADO
Detran-MS explica sobre emplacamento em tempo de Coronavírus

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações
ISOLAMENTO
Em 24 horas, apenas uma cidade de MS aparece vermelha no monitoramento do Governo
CORONAVÍRUS
Durante fiscalização, Guarda prende nove pessoas e notifica 60 comércios em Dourados
SUMIÇO
Família procura por jovem que está desaparecida desde a última quarta-feira