Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Ex-vereador de Ponta Porã preso com cocaína

25 novembro 2004 - 09h34

O ex-vereador Nélio Alves de Oliveira, foi preso em uma operação da Polícia paraguaia na divisa entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, na região do Alto Paraguai. De acordo com informações divulgadas pelo jornal ABC Color, do Paraguai, a apreensão ocorreu ontem, em pista de pouso localizada no Alto Paraguai, região de fronteira com o Brasil, próxima às divisas entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. Os agentes apreenderam 260 quilos de cocaína procedentes da Colômbia transportados por aeronave não identificada. A droga, avaliada em cerca de US$ 10 milhões, estava com o traficante brasileiro Ivan Mendes Mesquita, 42 anos, que é procurado pelo governo dos Estados Unidos. A apreensão foi durante o pouso da aeronave na pista de Ko’eyu, na jurisdição de Carmelo Peralta, no Alto Paraguai, sendo que agentes da Polícia Nacional do Paraguai trocaram tiros com os traficantes que estavam no avião e com os que aguardavam a carga de cocaína. O saldo da troca de tiros foram duas pessoas feridas, oficial paraguaio e um narcotraficante identificado como Clever Correa, que acabou morrendo no local. Durante a operação, além de Mesquita, também foram presos os brasileiros Nélio Alves de Oliveira, 54 anos (ex-vereador em Ponta Porã), e Éder Pedro Ferrato, e os paraguaios Manuel Lorenzo Díaz, Julio César López Escobar, Aurelio David Méndez, Luis Brun Limen, Arnildo Ismael Guanes Montiel e Ismael González. Conforme a polícia, o local era considerado estratégico e inacessível, sendo que a apreensão foi resultado de nove meses de trabalho da inteligência policial. Além da droga e dos traficantes, a Polícia do Paraguai também levou do local 25 galões com 60 litros de combustíveis cada um, um tambor com 200 litros e 80 balizas preparadas para aterrissagem noturnas. Ainda conforme as autoridades paraguaias, estima-se que com os 260 quilos de cocaína podem ser obtidos 780 quilos, o que nos Estados Unidos, em valor de mercado, renderiam US$ 40 milhões, de acordo com as informações divulgadas pelo jornal.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso