Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Ex-secretário de SP admite negociações com PCC

27 maio 2006 - 13h47

Horas depois de deixar o comando do sistema carcerário de São Paulo, Nagashi Furukawa afirmou à Folha que o governo estadual "negociou" com o PCC, ao permitir a visita de uma advogada a um dos chefes da facção, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. A afirmação contradiz o discurso oficial da administração Cláudio Lembo (PFL), que nega que tenha havido qualquer tipo de negociação entre o Estado e a facção criminosa. "O Estado não cedeu. Mas decidiu que seria oportuno permitir que a advogada visitasse o preso [Marcola] e confirmasse que ele não foi agredido na prisão", disse Furukawa, 57, que agora pretende escrever um livro sobre sua experiência de secretário. As informações são do site de notícias da Folha Online.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INTERNACIONAL
Justiça argentina começa interrogatórios sobre morte de Maradona
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Entidades acusam governo federal de perseguir pesquisadores
CAPITAL
Mulher é acusada de agredir e xingar policiais em bairro de Campo Grande
FUTEBOL
Copa América: seleção chega ao Rio de Janeiro para jogo contra Peru
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Especialistas criticam ausência de programação de combate ao racismo na EBC
INTERNET
Pesquisa aponta inacessibilidade de sites culturais
LEGISLATIVO
Câmara aprova isenção de impostos para beneficiários do "Casa Verde Amarela"
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 82% dos indígenas receberam 1ª dose, diz Ministério da Saúde
COVID-19
Estado acolhe flexibilização de medidas em Dourados, mas mantém bandeira "cinza"
ESPORTES
Ministério da Saúde confirma 41 casos de covid-19 na Copa América

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente morre atropelado na BR-163 e condutor foge do local
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave
DOURADOS
Homem tem carro furtado depois de ir com quatro pessoas para motel na BR-463