Menu
Busca domingo, 24 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Ex-prefeito de Três Lagoas é condenado por desvio feito há 15 anos

25 março 2008 - 12h09

Sentença publicada hoje pelo juiz de Três Lagoas, Albino Coimbra Neto, condena a dois anos e oito meses de detenção o ex-prefeito do município, João Pedro Batiston, por desvio de dinheiro público, ocorrido há 15 anos. A condenação havia sido dada em 2006, mas os advogados do ex-prefeito recorreram e só agora o caso transitou em julgado, após ser indeferido recurso da defesa no STJ (Superior Tribunal de Justiça).

De acordo com a sentença condenatória, não será permitida a substituição da pena. No despacho, o magistrado determina o envio à Vara de Execução Penal de guia definitiva para que o réu comece a cumprir a sentença. O ex-prefeito foi denunciado pelo MPE (Ministéri Público Estadual) peor peculato e emprego irregular de verbas públicas. A denúncia aponta que a prefeitura de Três Lagoas firmou convênio com o Estado para a construção de 400 unidades habitacionais, em 1993,  e usou parte do dinheiro para pagar salários. Além disso, não houve prestação de contas de uma outra quantia.

Os valores aparecem ainda em cruzeiros reais, moeda da época. Segundo os dados, de CR$ 19 milhões envolvidos no convênio, CR$ 15 milhões foram desviados para pagar funcionários e outros CR$ 1 milhão não tiveram destinação determinada.Das 400 casas habitacionais previamente acordadas foram construídas apenas 100 e ainda assim, parte delas não foi concluída.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
BRASIL
TST considera fraudulento contrato de jogador e reconhece natureza salarial do direito de imagem
LAVA JATO
Justiça Eleitoral vai julgar ação sobre empréstimo de R$ 12 milhões ao banco Schahin
MUNDO
Biden e Macron discutem defesa europeia e se reunirão em Roma
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
MS
Jovem é autuado pela PMA por maus-tratos a uma cadela Pit Bull
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
STF
Ministra Cármen Lúcia suspende reintegração de posse em Rondônia
RIO MIRANDA
Catarinenses são multados em R$ 1,8 mil por pesca predatória em Bonito
JUDICIÁRIO
STJ define retorno de sessões presenciais para fevereiro de 2022 e dia de eleição para ministros
CAPITAL
Presidente do TJMS recebe medalhão comemorativo aos 100 anos da Justiça Militar
ROTINA
Trabalho híbrido pode piorar qualidade do sono, diz pesquisador
DOURADOS
Estado licitará na próxima semana R$ 20 milhões para revitalizar Coronel Ponciano

Mais Lidas

PRESIDENTE VARGAS
Escola dispensa alunos em Dourados após mensagens de ameaças
CÁRCERE PRIVADO
Tentativa de sequestro a criança termina com jovem preso em Dourados
DOURADOS
Print tirado de conversa entre alunos resultou em mal-entendido e levou pânico a escola
DOURADOS
Homem é removido de grupo de whats e procura a delegacia