Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
VIOLÊNCIA

Ex-mulher de Naldo diz que foi agredida por ele na frente do filho, 'doente'

12 dezembro 2017 - 10h48Por Extra

A ex-mulher do cantor Naldo Benny revelou em um programa de TV que sofreu agressões físicas do funkeiro quando eles eram casados. Branka Silva foi casada com Naldo por 15 anos até 2010, quando o artista começou a relação com sua atual mulher, Ellen Cardoso, que, no início do mês, denunciou o cantor por agressão na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam).

Em entrevista durante o "Superpop", da Rede TV, a apresentadora Luciana Gimenez perguntou se Branka foi agredida por Naldo enquanto eles estavam juntos. A ex-mulher do funkeiro disse que "sim", explicando que não procurou a polícia para denunciar o cantor na época porque "pensava no meu filho (ela é mãe do filho mais velho de Naldo, Pablo Jorge, de 19 anos)".

"Sim. É como eu te falei, é uma coisa que cresce, aprisiona", respondeu Branka, antes de dizer que o filho deles, hoje adolescente, presenciou algumas agressões. "Você acaba fazendo tudo o que ele quer (...) Só o fato de ele não agredir estava bom pra mim".

A ex-mulher de Naldo foi chamada ao programa cerca de uma semana depois de a ex-modelo Ellen Cardoso, conhecida como Moranguinho, denunciar o cantor na polícia por agressão. No dia 3 de novembro, Ellen foi à Deam prestar queixa contra o funkeiro e, na ocasião, disse também que Naldo guardava uma pistola em casa.

No dia 5, a polícia prendeu o artista por posse ilegal de arma. Ele foi liberado no mesmo dia, sob fiança.

Na entrevista no programa de TV, Branka disse que Naldo se tornava agressivo porque sentia ciúmes.

"Quando o Pablo fez 5 anos de idade, eu fui estudar", disse Branka, contando que os amigos na escola se afastavam dela quando Naldo chegava para buscá-la. "Ele é doente e torna quem está com ele doente. E você fica com medo, você não quer apanhar. Porque não é normal uma pessoa apanhar, perdoar e amanhã estar com ele. A pessoa que sofre esses abusos também é doente porque ela está presa dentro desse mundo. Eu acredito que ela (Moranguinho) estava pensando na filha, na família", destacou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVIDÊNCIA
Antecipação do BPC e do auxílio-doença é prorrogada até 30 de novembro
COXIM
“Ele atirou para se defender”, diz defesa de tatuador que matou colega
REGIÃO
UEMS Dourados abre inscrições a Mestrado em Recursos Naturais
POLÍCIA
Pedestre que morreu atropelado por caminhão na BR-262 tinha 39 anos
RACHADINHAS
MP pede que TCU apure se Bolsonaro usou órgãos oficiais em favor do filho
CAPITAL
Advogado preso por morte de PM em acidente consegue liberdade
PARCERIA COM A CHINA
Anvisa libera importação de matéria-prima para vacina do Butantan
MIRANDA
Mulher de 36 anos é multada por atropelado gato intencionalmente
EDUCAÇÃO
UEMS realiza pela 1ª vez Encontro de Iniciação Científica on-line
CAPITAL
Ladrão esquece RG ao furtar bicicleta e confessa que a vendeu em boca de fumo

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade