Menu
Busca quarta, 03 de junho de 2020
(67) 99659-5905
INTERNACIONAL

Ex-líder das Farc escapa de escolta e se torna um foragido

11 setembro 2017 - 19h05

Um antigo líder da ex-guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), identificado pelo codinome de "Rodrigo Cadete", fugiu da escolta da Unidade Nacional de Proteção (UNP) que o acompanhava, confirmou nesta segunda-feira (11) o vice-presidente da Colômbia, o general retirado Óscar Naranjo. A informação é da EFE.

"Independentemente dos detalhes sobre tempo e lugar, o que posso dizer é que esse indivíduo deve preparar-se para receber toda perseguição militar, policial e judicial", disse Naranjo a jornalistas.

Segundo meios de comunicação locais, "Cadete" estava com dois oficiais de escolta quando chegou a um vilarejo e pediu fazer uma pausa em uma loja. Ali, havia vários homens armados, que tiraram as armas dos oficiais e depois saíram ao lado do ex-guerrilheiro.

Segundo a emissora Caracol Radio, "Cadete" era o líder da Frente 27 das Farc, guerrilha que se desarmou após assinar um acordo de paz com o governo e já se transformou em um partido político.
Precisamente quando estava perto da assinatura do acordo de paz cresceu o rumor que "Cadete" estava liderando uma dissidência.

No entanto, o guerrilheiro se submeteu ao processo de desarmamento e desmobilização, razão pela qual Naranjo destacou hoje que não pode haver "uma espécie de porta giratória onde se ingressa num processo e se pode sair sem que o Estado atue como tem que agir para submetê-lo à lei".

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
PRF apreende 1,2 tonelada de maconha e 20 Kg de skunk na BR-267
SENADO
Aprovado congelamento de preços de medicamentos e de planos de saúde
COSTA RICA
Filho acusado de agredir pai de 91 anos é preso descumprindo medida judicial
ÁUDIO VAZADO
Presidente da Fundação Palmares chama movimento negro de 'escória'
CAPITAL
Condenado por estupro de vulnerável, homem é preso em encontro religioso
POLÍTICA
Senado aprova em definitivo projeto de doação de refeições não vendida
PORTO MURTINHO
Técnico de laboratório suspeito de aborto consegue habeas corpus
JUSTIÇA
Banco deve indenizar por inserir gravame a terceiros sem consentimento
MARACAJU
Mulheres denunciam tarado que se tocava em terminal rodoviário
COVID-19
'Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo', diz Bolsonaro

Mais Lidas

6ª VARA CÍVEL
Empresário vai à Justiça contra toque de recolher em Dourados
PANDEMIA
Com mais 27 casos, Dourados ultrapassa 300 confirmações de coronavírus
PANDEMIA
Novo epicentro, Dourados é a cidade com mais casos de coronavírus em MS
PED
Policiais penais frustram tentativa de fuga na Penitenciária de Dourados