Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Estado pune sem-terra com suspensão de entrega de cesta

03 outubro 2003 - 16h43

Famílias de sem-terra do acampamento Pantaneiro, no município de Miranda, não vão receber cestas do PSA (Programa de Segurança Alimentar) por três meses, segundo informou ao site Campo Grande News o coordenador do programa, Neriberto Pamplona. A decisão foi tomada depois que o grupo se desentendeu com funcionários que foram fazer a entrega hoje de manhã das 282 cestas as quais o acampamento tem direito. De acordo com Pamplona, o acampamento tem mais de 400 famílias, mas de acordo com o censo feito pelo PSA só 282 realmente têm direito de receber cesta básica. “O acordo feito com o MST é que eles recebam as cestas e dividam de acordo com a necessidade”, explica. “Mas o problema no acampamento é de organização, porque é novo ainda, tem 3 meses”, complementa. O acampamento terá o período de três meses para se organizar e discutir a questão com o MST, para que o programa volte a fazer a entrega.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo impede entrada de estrangeiros no país por terra e água
BALANÇO
TST fechou 2020 com mais processos julgados que em 2019
EDUCAÇÃO
Curso de Psicologia promove palestra on-line para tirar dúvidas dos recém-formados
REUNIÃO
Petrobras elege novo Diretor de Refino e Gás Natural
216 VAGAS
Fiems inaugura Edifício Garagem para atender unidades do Sesi e Senai na Capital
CULTURA
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021
OPINIÃO
Ignore o fardo e viva a vida
MATO GROSSO DO SUL
Frentistas discutem reajuste salarial e outros benefícios no domingo em Campo Grande
BRASIL
Ministério faz consulta pública sobre política de promoção da saúde
EDUCAÇÃO
IFMS reabre prazo de matrículas da 1ª chamada para cursos técnicos integrados

Mais Lidas

ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
TEIXEIRA
Ex-primeira-dama morre cinco dias após o marido em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro