Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Estádio Douradão vira depósito de Aedes aegypti

22 janeiro 2010 - 09h12

O Estádio Frédis Saldivar, o Douradão, foi transformado num depósito de Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue. Enquanto a cidade vive uma epidemia da doença, o estádio abriga dezenas de pontos de procriação do mosquito, fator que tem chamado a atenção das autoridades sanitárias.

O diretor da Fundação Cultural e de Esportes de Dourados (Funced), Leandro Carlos Francisco, disse ontem que espera em no máximo dez dias concluir os reparos necessários para que o Douradão volte a funcionar dentro das normas estabelecidas de segurança. Segundo ele, tudo está dependendo do resultado de uma licitação, aberta recentemente.

Uma série de adequações é necessária e para piorar ainda mais, a bomba de sucção que impedia o alagamento dos túneis apresentou defeito. Com as últimas chuvas é praticamente impossível ter acesso ao campo pelos vestiários, pois os túneis inundaram, se tornando focos de procriação do mosquito da dengue. 

Para que o Estádio Douradão volte a funcionar são necessários diversos reparos que, segundo levantamentos recentes feitos pela Funced, ficariam em torno de R$ 220 mil. Tais reparos consistem em atender exigências da Lei através de vistorias do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Vigilância Sanitária. Acontece que nem mesmo a solicitação de tais vistorias foi encaminhada para os órgãos competentes. 

O 2º Grupamento de Bombeiros de Dourados informa que não existe solicitação neste sentido, assim como o Terceiro Batalhão da Polícia Militar, que também desconhece qualquer entrada deste tipo de ofício, conforme informou o comandante Tenente Coronel Marcos David. Já por parte da Vigilância Sanitária existe um laudo antigo feito há cerca de três anos que aponta a necessidade de reforma e adequação dos banheiros (para atletas) vestiários e banheiros para o público.

O Douradão, com capacidade para 31 mil torcedores e que no passado sediou até mesmo jogos da Copa do Brasil, é um dos excluídos pela Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) para sediar jogos do Campeonato Estadual e, até o momento, apenas quatro clubes podem mandar seus jogos em casa.

Para Leandro, se a Prefeitura fizer tudo dentro do prazo previsto, será possível o Douradão sediar o jogo entre Sete de Setembro e Mundo Novo, marcado para o dia 6 de fevereiro, às 19h. Por enquanto, a Federação liberou apenas os estádios Laertão em Costa Rica, Virotão de Naviraí, Chavinha de Itaporã e Noroeste de Aquidauana estão aptos à receber os jogos. Os demais ainda precisam providenciar documentações pendentes.

VISTORIA

O último laudo feito pelo Corpo de Bombeiros no Estádio Douradão, em 24 de janeiro de 2008, a pedido do Ministério Público, constatou as seguintes irregularidades:

-Falta de projeto de prevenção contra incêndio e pânico, colocação de mangueiras, esguichos, e chaves de mangueira nos hidrantes, falta de sinalização da rota de fuga, identificando as saídas de emergência com placas e luminárias com a inscrição “SAÍDA”, instalação de extintores nas áreas destinadas a imprensa, bares e cantinas e vestiários e casas de Força, manutenção da rede de iluminação de emergência existente, instalando para isto luminárias e efetuando reparos no sistema de baterias, manutenção na bomba de incêndio e nos dispositivos de automatização, instalação de corrimões nas escadarias que ligam as arquibancadas as saídas de emergência, adequação do guarda-corpo das arquibancadas e de fosso, instalação do sistema de alarme e incêndio, identificação do registro de recalque pintando a tampa na cor vermelha, apresentação de manutenção nas redes elétrica de edificação, reparo/manutenção do sistema hidráulico Preventivo de Incêndio, adequar às portas de saída/entrada (bilheterias) e requerer junto aos bombeiros o Certificado de Vistoria e Edificação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

105 MESES
Ampliado prazo de renegociação de empréstimos consignados
PANDEMIA
MPE cobra estudo técnico sobre alternativas para conter avanço da Covid-19 em Dourados
DEPUTADO, EMPRESÁRIO E BLOGUEIRO ALVOS
PF cumpre mandados judiciais em investigação sobre fake news
FRIO
Embrapa apurou condições favoráveis a ocorrência de geada na região
DOURADOS
Prefeitura vai pagar mais de R$ 1 milhão sem licitação a Hospital para usar leitos
COMER BEM
Dona Neide Marmitaria: agora com mais opções para seus clientes
SAÚDE
Especialista do ‘Casal Grávido’ fala sobre protagonismo paterno na gestação
APÓS PRORROGAÇÃO
Prazo de inscrição no Enem 2020 termina nesta quarta-feira
ITAQUIRAÍ
Polícia prende 4 traficantes e encontra 307 quilos de drogas em assentamento
SELEÇÃO
SES encerra inscrições para contratação de 31 profissionais da saúde

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher