Menu
Busca domingo, 01 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Estações tecnológicas atraem público na I Semana de Agricultura Familiar de MS

20 julho 2007 - 16h54

A primeira Mostra de Tecnologias da Embrapa, realizada esta semana em Dourados, dentro da programação da I Semana de Agricultura Familiar de Mato Grosso do Sul encerrou-se esta tarde com a presença de autoridades estaduais e federais durante o intercâmbio de experiências com os agricultores de vários estados, que vieram para fechar o encontro.

De acordo com o chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste, unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mário Artemio Urchei, “é missão da Empresa colaborar na construção de sistemas de produção que busquem interação e integração com todos os setores da agricultura brasileira”.

Seguindo a mesma linha, o secretário da Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Egon Krakhecke, lembra que o “grande desafio dos poderes públicos é segurar a viabilidade da agricultura familiar e o Ministério do Meio Ambiente, juntamente com a Embrapa, estão empenhados em apoiar este propósito efetivamente”.

Presidente da Federação da Agricultura Familiar (FAF-MS), Paulo César Farias, se diz “satisfeito por poder contar com a participação de parceiros tão acolhedores como a Embrapa. Durante esta Mostra tivemos espaço aberto para conhecer e estudar o que a pesquisa agropecuária tem desenvolvido para a agricultura familiar”.

A Mostra, comprovando as expectativas, teve a participação de 700 agricultores familiares, vindos de diversos estados brasileiros. Zamilta Ângela Flores, é uma delas. A agricultora passou três dias viajando com um grupo de produtores de Araxá, Minas Gerais e ficou animada com o que viu na Mostra da Embrapa. “A maioria dos agricultores já tem uma noção de como trabalhar, mas chegar aqui e conhecer o que a Embrapa está estudando é outra história. Viemos para levar aos que ficaram um pouco do conhecimento que estamos adquirindo, para assim, fortalecer a atividade em Minas”.

Sistemas integrados – os sistemas agroflorestais, frutíferos e de produção de hortaliças foram estações que chamaram à atenção dos visitantes. Na Mostra da Embrapa, o produtor pôde observar que investir em fruticultura, por exemplo, é uma boa opção para as comunidades rurais, principalmente se optar por culturas adaptadas a cada região.

Por meio dos sistemas agroflorestais, o agricultor utiliza técnicas de uso da terra, que propiciam um rendimento sustentável ao longo do tempo, e ainda, tem a oportunidade de recuperar áreas degradadas e cumprir a obrigatoriedade legal, com a manutenção de uma área de reserva legal.

Aliar esses sistemas à produção de hortaliças em consórcio, como alface e rúcula, só irá trazer mais benefícios à propriedade. Em áreas pequenas, o produtor pode cultivar espécies arbóreas, frutíferas, agroflorestais, nativas, medicinais, arbustivas, adubos verdes e criar animais de pequeno porte. "Enfim, é a diversidade fazendo a diferença à agricultura familiar", ressaltou a pesquisadora da Agraer, instituição estadual de extensão rural de MS, Liliane Kobayashi.

Prosa Rural – durante o encerramento da Mostra, os visitantes participaram, ao vivo, do Prosa Rural, programa de rádio da Embrapa, que fez uma edição especial para a I Semana de Agricultura Familiar.

Com o tema “sistema diversificado de produção de hortaliças”, o Prosa contou com o apoio dos técnicos e funcionários da Embrapa de Dourados e Brasília, pesquisadores da Embrapa e Agraer e produtores do interior de MS.

Agropecuária (Embrapa), empresa pública federal regida pelo disposto na Lei Federal no. 5.851, de 7 de dezembro de 1972, é enviada exclusivamente a seu destinatário e pode conter informações confidenciais, protegidas por sigilo profissional. Sua utilização desautorizada é ilegal e sujeita o infrator às penas da lei. Se você a recebeu indevidamente, queira, por gentileza, reenviá-la ao emitente, esclarecendo o equivoco.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão Temporária Covid-19 ouve ministro das Comunicações
POLÍTICA
Comissão Temporária Covid-19 ouve ministro das Comunicações
PRIVACIDADE
Descumprir Lei de Proteção de Dados pode gerar punições a partir deste domingo (1)
Internações por Covid-19 seguem estáveis em Dourados
PANDEMIA
Internações por Covid-19 seguem estáveis em Dourados
Projeto fixa regras para perfis em redes sociais de pessoas falecidas
CIÊNCIA, TECNOLOGIA E COMUNICAÇÕES
Projeto fixa regras para perfis em redes sociais de pessoas falecidas
EDUCAÇÃO
Cursos gratuitos capacitarão mulheres em situação de vulnerabilidade
GERAL
Fóssil de dinossauro é encontrado no interior de SP
POLÍCIA
Mais um é autuado em três dias por maus tratos ao deixar gado sem alimento
GERAL
Manifestações pelo voto auditável reúnem pessoas e várias capitais
ESPORTE
Em jogo frio, Caxias e Joinville não saem do zero pela Série D
INVESTIGAÇÃO
Exame de corpo de delito no marido de Joice Hasselmann não aponta lesões

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PANDEMIA
Dourados vai liberar acesso a estabelecimentos apenas para pessoas vacinadas
PANDEMIA
Homem e mulher são mais recentes vítimas da Covid-19 em Dourados