Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
BRASILEIRO DE MOTOCROSS

Wellington Garcia vence em MS e assume 3ª posição

01 setembro 2014 - 07h31

A pista, de 1.400m, do Autódromo Internacional Orlando Moura recebeu no final de semana a etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross e no final, o vencedor foi Wellington Garcia, que se aproxima um pouco do líder do Campeonato, Jetro Salazar. Para o piloto de #21, “agora é trabalhar para a próxima prova. Um resultado desses faz a gente acreditar que pode seguir vencendo, ainda mais em uma prova difícil como foi a de domingo”, disse. Ele chega à terceira posição do Campeonato Brasileiro de Motocross, ficando a 26 pontos do líder com 145, enquanto Jetro soma 171.

Entre as boas histórias, está a de Carlos Campano, que sofreu uma lesão no tornozelo e retornou nessa etapa apenas para conseguir alguns pontos e não se afastar muito dos líderes do campeonato. Num primeiro momento, Campano chegou a brigar por vitórias, mostrando que ainda tem muito a realizar. Mas, devido a lesão, o rendimento dele acabou caindo. O que não diminui o feito do espanhol. Campano é o quinto na classificação do Campeonato.

Na segunda bateria, Jorge Balbi Jr chegou a abrir 12 segundos de vantagem para o segundo colocado. Mas na última volta, uma queda tirou a vitória dele a poucos metros do Arco de Chegada.

1ª Bateria

Dada a largada, o líder do Campeonato Jetro Salazar assume a liderança seguido de perto por Jean Ramos, que logo na segunda volta assume a liderança. Porém, por pouco tempo, até cair, ainda na mesma volta, e deixar o caminho livre para Salazar.

O espanhol Carlos Campano, que havia sofrido um acidente a duas etapas atrás, aproveita a oportunidade e assume logo a segunda posição. Campano e Salazar travam a disputa pelo primeiro lugar, levantando o público nas arquibancadas.

Enquanto isso, quatro pilotos brigam pelo terceiro lugar. O americano Kevin Rookstool, estreante na prova, substituindo o compatriota Kyle Regal, puxa a fila seguido por Jorge Balbi Jr, Marcello de Lima e Humberto Martin. Wellington Garcia vem se aproximando do pelotão.

Enquanto Jetro Salazar abre distância, Campano começa perder rendimento e logo é alcançado. Balbi Jr cai na volta 11 e deixa a briga pelo pódio. Já Wellington Garcia, chega ao pelotão e assume a 4ª posição com a queda e a ultrapassagem sobre Marcello de Lima.

Wellington ultrapassa o americano e chega ao terceiro lugar. O americano Kevin Rookstool cai, indo para o 9ª.

Campano parece ainda sentir a contusão e em seguida, perde a posição para Wellington. Ele ainda perde mais duas posições. Jetro Salazar termina a bateria em primeiro, com grande vantagem para os demais pilotos.

2ª Bateria

Na última prova do dia, Jorge Balbi Jr dominou a metade final da bateria. Balbi saiu em quarto lugar, e na quarta volta ultrapassou Jean Ramos, começando a perseguição até os dois líderes de então: Wellington Garcia e Jetro Salazar. Numa grande manobra, Balbi Jr ultrapassa Salazar nas costelas. Não demora muito, ultrapassa Wellington e assume a liderança, abrindo a diferença de volta em volta. Mas na última volta, quando tinha 12 segundos de vantagem para o segundo colocado, ele cometeu um erro no mesmo local onde ultrapassou Jetro, o que custou a vitória e resultou num quarto lugar na bateria e um quinto na soma. “É difícil trabalhar com a derrota. Essa não é a primeira vez que acontece isso, mas que seja a última. Perdi, mas pelo menos fica o aprendizado de que posso andar entre os primeiros. Agora, é ir para casa e trabalhar”, resumiu Balbi.

Em busca de pontuação, Carlos Campano fez uma prova tímida, já que vem se recuperando de uma lesão no tornozelo, terminando em sétimo essa bateria.

Jetro Salazar largou bem, assumiu a ponta, mas logo na segunda volta perdeu a posição para Wellington Garcia. Jetro segurou o quanto pôde, mas perdeu a posição para Balbi. Jetro ainda disputa pelo segundo lugar com Adam Chatfield. Ele chega a cruzar em segundo, mas recebeu uma penalidade de dez segundos por sair da pista e voltar em local posterior (cortar a pista), terminando em terceiro. O inglês esteve sempre na zona de pódio, fazendo uma corrida segura e com isso, terminou em segundo na Bateria.

Os pegas pela primeira posição, no começo da prova, sempre tiveram Wellington Garcia envolvido. O piloto dominou a primeira metade até o momento em que foi ultrapassado por Balbi Jr. Então, a emoção ficou por conta da disputa do segundo lugar, quando ele e Jetro brigavam pela posição. Firme na segunda posição, ele assume a liderança a meia volta do final, quando Balbi Jr caiu. “Quando eu passei no Arco de Chegada procurei o Balbi Jr e não achei. Foi aí que eu tive a certeza que tinha vencido”, disse Wellington.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mortos a tiros e jogados em terreno baldio na fronteira eram irmãos
TEMPO
Segunda-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
Auxílio emergencial volta a ser pago na terça para nascidos em Janeiro
ECONOMIA
Auxílio emergencial volta a ser pago na terça para nascidos em Janeiro
PANDEMIA
Justiça proíbe pai não vacinado para covid de visitar filha
Polícia prende acusado de matar rapaz a tiros em possível acerto de contas
POLÍCIA
Polícia prende acusado de matar rapaz a tiros em possível acerto de contas
POLÍCIA
Dois homens são mortos a tiros e tem corpos jogados em terreno baldio na fronteira
OPORTUNIDADE
Conselho Regional de Arquitetura prorroga inscrições de concurso até outubro
BRASIL
Crise hídrica: chuvas da primavera não vão encher reservatórios
POLÍCIA
A caminho de hospital, ambulância com paciente grave se envolve em acidente
CIDADES
Prazo para pagar licenciamento de veículos com final 9 termina no dia 30 deste mês

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina