Menu
Busca segunda, 26 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
FUTEBOL

Santos rompe contrato com Robinho, condenado por violência sexual

16 outubro 2020 - 18h35Por GE

O Santos e o atacante Robinho anunciaram nesta sexta-feira, dia 16 de outubro, a suspensão do contrato entre clube e jogador, que havia acertado seu retorno no último dia 10 de outubro.

A decisão se dá depois da pressão de conselheiros, patrocinadores e a revelação, pelo ge, de trechos da sentença da Justiça italiana que condenou Robinho e um amigo em primeira instância a nove anos de prisão por violência sexual de grupo contra uma jovem de origem albanesa.

Em nota oficial, o Santos se pronunciou:

"O Santos Futebol Clube e o atleta Robinho informam que, em comum acordo, resolveram suspender a validade do contrato firmado no último dia 10 de outubro para que o jogador possa se concentrar exclusivamente na sua defesa no processo que corre na Itália."

Nas redes sociais, Robinho gravou um vídeo e também falou sobre o acordo.

– Com muita tristeza no coração, venho falar para vocês que tomei a decisão junto do presidente de suspender meu contrato neste momento conturbado da minha vida. Meu objetivo sempre foi ajudar o Santos Futebol Clube. Se de alguma forma estou atrapalhando, é melhor que eu saia e foque nas minhas coisas pessoais. Para os torcedores do Peixão e aqueles que gostam de mim, vou provar minha inocência – afirmou Robinho.

O vínculo era válido por cinco meses e seria discutido em reunião do Conselho Deliberativo no próximo dia 21.

A semana de Robinho

Robinho assinou contrato e foi anunciado no sábado passado, com um salário simbólico de R$ 1.500,00, porém, com bônus de R$ 300 mil após dez jogos e mais R$ 300 mil depois de 15 jogos, valor que seria pago ao fim do vínculo. O Peixe poderia renovar por mais um ano e sete meses.

Condenado em 2017 a nove anos de prisão por violência sexual na Itália, Robinho começou a treinar no CT Rei Pelé e teve apoio do técnico Cuca, do elenco e do presidente Orlando Rollo, que em entrevista ao ge afirmou que o atacante estaria sofrendo um "apedrejamento moral".

Por outro lado, patrocinadores e conselheiros começaram a pressionar o Santos a respeito de um posicionamento sobre o caso. Na quarta-feira (14), a Orthopride foi a primeira a anunciar a saída do clube "em respeito às mulheres que consomem nossos produtos", de acordo com nota oficial.

Depois, outros patrocinadores se posicionaram e cobraram uma atitude imediata do Santos, que, então, anunciou a suspensão do vínculo.

Nesta sexta-feira, foi publicado trechos da decisão do Tribunal de Milão, de novembro de 2017, que ainda não é definitiva e foi contestada pelas defesas do jogador do Santos e de Ricardo Falco, o outro acusado brasileiro no crime. Os advogados dos dois apresentaram recurso.

A defesa de Robinho se posicionou nesta sexta-feira em nota divulgada pela advogada Marisa Alija e pelo advogado Luciano Santoro, dizendo que "o jogador reitera que não cometeu o crime do qual é acusado e que sempre se relacionou sexualmente de maneira consentida".

Registrado na CBF, Robinho ainda não tinha data marcada para a estreia.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO SERÁ
Polícia tenta localizar possíveis músicas inéditas de Renato Russo
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Armado com facão, homem ameaça arrancar a cabeça e vísceras da esposa
COVID-19
MPF questiona governo federal e Anvisa sobre escolha de vacinas
JUSTIÇA
Acusado de matar candidato a vereador é condenado a 20 anos de reclusão
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil tem 157,4 mil mortes por Covid; 8 estados com tendência de alta
CAPITAL
Homem desaparece após sair de casa em um veículo rebaixado
COMBUSTÍVEIS
Petrobras reduz preços de gasolina e diesel a partir de amanhã
POLÍCIA
Homem é preso suspeito de estuprar a neta de quatro anos da namorada
JUSTIÇA
Assistência técnica que não efetuou reparo deve indenizar cliente
CONTRABANDO
Polícia apreende caminhão carregado com 55 mil pacotes de cigarros

Mais Lidas

DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
PM é acionada e consegue evitar suicídio de homem em hotel
DOURADOS
Homem invade casa, tenta estuprar jovem e é detido por populares
DOURADOS
Homem é socorrido às pressas após levar golpes de facão na cabeça