Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
COPA 2018

Rússia vai facilitar entrada de estrangeiros para a Copa de 2018

10 julho 2014 - 19h40

Sede da próxima Copa do Mundo de Futebol, a Rússia terá um regime especial de vistos para os estrangeiros poderem participar do evento. Em entrevista à agência de notícias russa Itar-Tass, o presidente Vladimir Putin disse que já foi consolidada uma lei federal para facilitar a entrada no país. “Não só os participantes oficiais das competições, esportistas, árbitros, técnicos, mas também torcedores poderão vir à Rússia sem vistos. A história de campeonatos de futebol ainda não viu nada desse jeito”, disse.

Segundo Putin, representantes de ministérios e organizações da Rússia estão em contato constante com brasileiros para organizar o evento. “Em geral, tenho certeza de que a Copa do Mundo no Brasil será uma página notável na história do futebol. Desejo aos organizadores brasileiros terminá-la com sucesso, e nós, faremos tudo para que em 2018 o mundo fique feliz com uma festa de futebol inesquecível e hospitalidade verdadeiramente russa”. O presidente russo lembrou que, no início do ano, o país organizou os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de inverno, e o governo está analisando com muita atenção a experiência do Brasil na organização das Olimpíadas em 2016. “Sabemos muito bem como é difícil organizar um evento de grande escala desses”, avalia.

Putin estará no Brasil para participar, na próxima semana, da reunião de Cúpula do Brics (grupo formado por Brasil, pela Rússia, Índia, China e África do Sul). Antes do encontro, o presidente vai acompanhar a partida final da Copa do Mundo, no Maracanã, e também deverá receber a organização do evento do governo brasileiro. Na opinião do presidente russo, as seleções dos países da América Latina mostraram um futebol “forte, espetacular”. Ele lamentou a saída da equipe russa do campeonato, ainda nas oitavas de final, mas disse que o time jogou dignamente.

Além de Putin, outros chefes de Estado assistirão à final da Copa do Mundo, no domingo (13), entre Alemanha e Argentina, ao lado da presidenta Dilma Rousseff e do presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter. Já estão confirmadas as presenças dos presidentes da África do Sul, Jacob Zuma; do Congo, Denis Sassou-Nguesso; da República Democrática do Congo, Joseph Kabila; da Hungria, János Áder; do Haiti, Michel Martelly; e da chanceler alemã, Angela Merkel.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA
Acusado de atirar na nuca de policial é condenado a 18 anos de prisão
BENEFÍCIO
INSS: quase cinco milhões terão de fazer prova de vida até 2022
DOURADOS
Agetran e Sucata Cultural realizam nesta terça Abordagem de Veículos 
NOVA YORK
Discurso de Bolsonaro abre debate da 76ª Assembleia Geral da ONU
AGRO
Semagro e Iagro lançam campanha para produção de alimentos seguros
CHAPADÃO DO SUL
Caminhão-tanque com etanol pega fogo e quase vai pelos ares
TEMPO
Terça-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
Homem é preso com carro roubado no RJ que seria levado para a Bolívia
IFA
Fiocruz recebe na quarta insumos para produzir 5,2 milhões de doses
NOVA ANDRADINA
Homem é preso pela após agredir esposa durante discussão

Mais Lidas

DOURADOS
'Buguinha' é presa e diz que matou caseiro por legítima defesa
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
DOURADOS
Envolvida em execução de detetive é presa novamente em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina