Menu
Busca sábado, 28 de novembro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

Prova mais antiga da canoagem brasileira tem nova edição em Aquidauana

04 dezembro 2019 - 13h05Por Da Redação

A histórica Prova de Canoagem Santa Delfina chegou à 33ª edição nas águas do Rio Aquidauana, no último sábado (30.11). Considerada a mais antiga do Brasil, a disputa foi referente à quinta etapa do Campeonato Estadual da modalidade, que encerrou a temporada 2019. Ao todo, 63 canoístas estiveram no Portal do Pantanal para o certame.

A prova foi realizada pelo Clube de Canoagem de Aquidauana, com supervisão da Federação de Canoagem de Mato Grosso do Sul (FCaMS), teve a parceria da Prefeitura de Aquidauana, por meio da Fundação de Esportes do município (Fema) e da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. A Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) deu apoio à competição, junto à Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul) e ao 1º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros de Aquidauana.

Pioneirismo e tradição

A canoagem em Mato Grosso do Sul praticamente nasceu no Rio Aquidauana. No Estado, a modalidade foi iniciada por profissionais de educação física de Campo Grande, que se deslocavam à cidade pantaneira para remar. Da Capital, os precursores foram José Carlos Zanolo, Ubiratan Dalmati, José Loureiro (Zelão) e Arthur Padial. 

“Foram essas pessoas que compraram os primeiros caiaques no Estado, que, na época, só vinham de fora. Eles eram campo-grandenses, mas como Campo Grande não tinha local para remar, eles iam para o Rio Aquidauana, no distrito de Palmeiras e na própria Aquidauana, locais propícios por serem próximos à Capital”, destaca o presidente da FCaMS, Rafael Girotto. Posteriormente, em Aquidauana tomaram a frente da modalidade Roberto Girotto, Valtemir Nogueira e Fauzi Suleiman.

Em 1987, com a realização da Feira do Peixe, em Aquidauana, o grupo pioneiro de canoístas foi convidado a fazer uma prova de canoagem para celebrar o evento. Após procurarem saber a respeito da história do Rio Aquidauana e dos pescadores da região, descobriram que a primeira embarcação a navegar naquelas águas chamava-se Santa Delfina, um navio cargueiro, a vapor, que trazia mantimentos aos moradores da então Vila de Aquidauana. 

“Esse grupo, junto à Prefeitura na época, decidiu batizar essa prova de Santa Delfina, em homenagem à embarcação. Um ano depois, foi criada a Federação de Canoagem do Estado e, consequentemente, o primeiro Campeonato Estadual. Desde então, a prova Santa Delfina sempre se manteve no calendário oficial da canoagem sul-mato-grossense, tornando-se hoje a prova mais antiga do Brasil, que acontece há mais tempo sem interrupções”, relata Girotto.

Inicialmente, a largada era em Palmeiras, distrito de Dois Irmãos do Buriti, e chegava à Prainha de Anastácio. Com o passar dos anos, por questões de logística, o percurso diminuiu até chegar ao formato atual, organizado em 16 quilômetros, com início no distrito de Camisão e chegada na Ponte Velha, em Aquidauana. 

“Santa Delfina é uma prova que tem um glamour. Fazendo uma analogia com as competições de rua, pode ser comparada à São Silvestre, por exemplo. É uma prova que sempre encerra o Campeonato Estadual e o calendário. Então, tem a parte competitiva por ser final de campeonato, vale pontos, mas muitos atletas que não estão brigando pelo título fazem questão de ir à Santa Delfina para participar, porque, acima de tudo, é uma grande confraternização, momento no qual todos os praticantes de canoagem se encontram para descer o Rio Aquidauana, historicamente importante à modalidade”, finaliza Girotto. 

Confira os resultados da 33ª Prova de Canoagem Santa Delfina:

Categoria turismo

1° - Cristiano Nunes Quevedo da Silva, Aquidauana, tempo de 01:12:20
2° - Joaquim Gabriel Neris, Aquidauana, tempo de 01:12:46
3° - Régis Augusto Freire Alem, Três Lagoas, tempo de 01:17:53

Categoria feminino open

1° - Bárbara Marinho Azevedo, Campo Grande, tempo de 01:12:59
2° - Luiza Duarte Cavallieri, Aquidauana, tempo de 01:14:03
3° - Nicole Keppke Lopes, Campo Grande, tempo 01:16:57

Categoria feminino máster

1° - Rosa Sanches, Bonito, tempo 01:24:38
2 ° - Michele dos Santos Bezerra, Três Lagoas, tempo de 01:25:36
3° - Carmem Lúcia Dias de Andrade Santos, Campo Grande, tempo de 01:26:13

Categoria sênior masculino

1° - Wanderley da Silva dos Santos, Anastácio, tempo de 01:05:27
2° - Daniel Cavalcanti Hayashi, Campo Grande, tempo de 01:07:02
3° - Gustavo Miranda Figueiró, Campo Grande, tempo de 01:11:56

Categoria máster, acima de 40 anos

1° - Flávio de Souza Reverdito, Bonito, tempo de 01:06:56
2° - Epifânio Luiz de Oliveira, Anastácio, tempo de 01:09:04
3° - Eurípedes Luis da Silva Filho, Bonito, tempo de 01:10:10

Categoria super máster, acima de 50 anos

1° - Wilson Hiroshi Hayashi, Campo Grande, tempo de 01:12:34
2° - Cipriano Martins, Anastácio, tempo de 01:14:14
3° - Rubens Braga Romcy, Aquidauana, tempo de 01:15:34

Categoria júnior masculino

1° - Edgar Silva Balbuena, Aquidauana, tempo de 01:00:38
2° - Guilherme Marcos de Andrade, Aquidauana, tempo de 01:08:17
3° - Pedro Henrique Moura Ávila, Campo Grande, tempo de 01:08:32

Categoria iniciante masculino

1° - Gabriel Figueiredo Velasque, Aquidauana, tempo de 01:15:47
2° - Wanderson Gomes de Arruda, Aquidauana, tempo de 01:19:46
3° - Gabriel Girotto, Aquidauana, tempo de 01:30:47

Categoria iniciante feminino

1° - Ana Clara Silvestre de Oliveira, Três Lagoas, tempo de 01:35:40
2° - Thalyta de Freitas Torres, Três Lagoas, tempo de 01:35:44
3° - Sthefani Balbuena, Aquidauana, tempo de 01:36:45

Categoria k1 Olímpico
1° - Rafael Girotto, Aquidauana, tempo de 01:08:28
2° - Diego Barbosa Souza, Aquidauana, tempo de 01:09:40
3° - Thiago Constantino, Campo Grande, tempo de 01:11:04

Categoria paracanoagem
1° - Patrick Pisoni, Campo Grande, tempo de 01:12:21
2° - Roberto Giovani Pellini, Bonito, tempo de 01:14:47

Deixe seu Comentário

Leia Também

GRANDE DOURADOS
Carreta da Justiça atenderá Jateí na segunda-feira
TRF3
Advogado está isento de anuidade da OAB a partir dos 70 anos de idade e 30 de contribuição
BRASIL
Anvisa recebe pedido para análise da vacina da Janssen-Cilag
PANDEMIA
Fachin solicita informações sobre cumprimento de liminar que restringiu operações policiais no RJ
Dezembro terá três leilões com mais de 700 motocicletas pelo Detran
MS
Dezembro terá três leilões com mais de 700 motocicletas pelo Detran
ELEIÇÕES 2020
Para justificar ausência no domingo, eleitor deve baixar e-Título hoje
STF
Ministro intima PGR para que se manifeste sobre desistência de Bolsonaro de prestar depoimento
ESTADO
Agepen institui comissão para regulamentar critérios na seleção de reeducandos para o trabalho
STJ
Joesley Batista terá de pagar R$ 300 mil a Michel Temer por danos morais
INVESTIGAÇÃO
Perícia no tapa-buracos de Dourados deve ter resultado preliminar na segunda-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Com leitos de UTI's lotados, prefeitura aumenta toque de recolher e manda fechar clubes
DOURADOS
Júri condena membros de grupo de extermínio a mais de 100 anos de prisão
PEDRO JUAN
Quatro corpos são encontrados enterrados na fronteira
BONITO
Mãe de bebê também morre após carro bater em coqueiro na MS-382