Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

Piscina olímpica fortalecerá categorias de base da natação sul-mato-grossense

16 dezembro 2019 - 14h50Por Da Redação

A piscina olímpica do Centro de Desenvolvimento Social e Cultural (Cedesc), da Fundação Lowtons de Educação e Cultura (Funlec), foi inaugurada oficialmente no sábado (14.12), em Campo Grande. Com o novo espaço, os atletas de base de Mato Grosso do Sul terão a possibilidade de aprimorar fundamentos e técnicas da natação, com vistas a competições nacionais e internacionais, realizadas com dimensões oficiais (25 metros de largura x 50 metros de comprimento).

Homologada para sediar eventos de grande porte na Capital, a piscina possui 10 raias e comporta três milhões de litros d’água. “É um marco para o esporte como um todo e para a natação especificamente, dando condições para o Estado melhor se projetar no cenário nacional. Agora, temos condições de receber eventos com parâmetros nacionais, isso gera um grande avanço ao desporto aquático sul-mato-grossense”, enfatiza o diretor-executivo da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Silvio Lobo Filho.

“Mato Grosso do Sul necessitava de uma piscina dessas, porque os nossos atletas até então treinavam em piscinas semiolímpicas, com oito raias e 25 metros de comprimento, ou sejam, tinham de treinar mais para competições fora do Estado. Isso vai melhorar muito o treinamento desses atletas, que terão melhores índices”, afirma o presidente da Federação de Desportos Aquáticos de Mato Grosso do Sul (Fedams), Marcello Vargas Tiago.

De acordo com o diretor-presidente da Funlec, Luiz Roberto Pires, o investimento foi de R$ 250 mil. Ele destaca que, ainda no sábado (14.12), foi firmado convênio com a Fedams, que diz respeito à utilização da piscina por atletas de outras agremiações que representarão Mato Grosso do Sul em competições externas. “A Funlec sempre deu muito valor ao esporte. A natação não poderia ficar de fora, é muito importante no desenvolvimento de nossos atletas e tendo uma piscina que poderia ser aproveitada, não pensamos duas vezes. A piscina será disponibilizada para treinamentos dos atletas do nosso Estado, filiados à Fedams. Acredito que poderemos ter melhor rendimento a nível nacional”.

Presença “de peso” no Estadual de Verão

O Campeonato Estadual de Verão de Natação 2019, organizado pela Fedams em parceria com o Governo do Estado, por meio da Fundesporte, fechou o calendário da modalidade em Mato Grosso do Sul e fez parte da programação de inauguração da piscina olímpica. O Cedesc/Funlec recebeu aproximadamente 260 atletas de Campo Grande, Corumbá, São Gabriel do Oeste, Maracaju, Costa Rica e nadadores da Bolívia. As disputas ocorreram nas categorias mirim, petiz, infantil, juvenil, júnior, sênior e máster.

O nadador campo-grandense Leonardo Gomes de Deus, tricampeão dos Jogos Pan-Americanos (Guadalajara-2011, Toronto-2015 e Lima-2019) nos 200 metros borboleta, atleta olímpico e campeão mundial, deu nome à edição 2019 do Estadual de Verão: Troféu Leonardo de Deus. O atleta, atualmente representando a Associação Santa Cecília de Esportes, da Universidade Santa Cecília (Unisanta), de Santos-SP, é filho de militar e, por este motivo, rodou por diversas cidades do país e já teve como casa outras capitais como Brasília-DF, Belém-PA e Belo Horizonte-MG. No entanto, por onde passa, carrega o nome de Campo Grande e de seu Estado natal.

“De onde é o Léo de Deus? Sempre me questionaram e sempre falei que nasci em Campo Grande e sou sul-mato-grossense, tenho orgulho disso. Por mais que eu não tenha feito nada pelo meu Estado, tive a oportunidade de dar o nome a uma competição, poder estar junto à Federação neste final de ano, apoiando e dando todo o suporte que eles necessitam, porque é tão difícil ter um atleta olímpico na sua cidade e poder usufruir da imagem dele para fomentar o esporte. Esse foi o meu objetivo em Mato Grosso do Sul. Agradeço a homenagem, estou realizando um sonho”, diz Léo de Deus, como é conhecido entre atletas e técnicos da natação.

O campo-grandense de 28 anos, que já disputou os Jogos Olímpicos de Verão de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016, sente-se uma referência aos mais novos. “Muita gente tem um carinho enorme por mim e pelo meu trabalho. Eu sinto que entro na cabecinha deles, numa espécie de canal de comunicação, e consigo fazer com que eles pratiquem o esporte, sempre atrelado à educação”.

Para de Léo de Deus, a piscina olímpica dá uma condição de excelência para o desenvolvimento dos atletas de base sul-mato-grossenses. “A partir do momento em que há esta infraestrutura para que a criança possa competir, vivenciar uma piscina de 50 metros, a base já vai se familiarizando com o esporte de alto rendimento. Eu não tive a oportunidade de ter esta piscina na minha época, mas outras crianças e jovens terão”.

De acordo com o diretor-executivo da Fundesporte, Silvio Lobo Filho, o fato de Leonardo de Deus evidenciar sua terra de origem nas competições em que participa, Brasil e mundo afora, ajuda a exaltar o potencial da natação e do desporto sul-mato-grossense de modo geral. “Foi-se o tempo em que as pessoas escondiam que eram do interior, como se falava no eixo Rio-São Paulo. Quando levávamos uma equipe para fora, antes de existir Mato Grosso do Sul, era sempre tida como interiorana. Hoje, nosso Estado tem projeção e é respeitado nacionalmente. Quando há um destaque olímpico e internacional, como o Léo de Deus, e lembra de Campo Grande, fortalece o trabalho que estamos fazendo aqui”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AJUDA DE 600 REAIS
Caixa paga hoje mais um lote do auxílio emergencial; veja quem recebe
Motorista abandona carreta com 42,5 mil maços de cigarros na MS-156
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CAPITAL
Motorista foge sem pagar após abastecer em posto de combustíveis
COVID-19
MPF quer que pastor Valdemiro Santiago pague indenização por falsa cura
Golpista ‘rouba’ fotos de médica no Instagram e se passa por ela no WhatsApp
ESPIONAGEM
Cármen Lúcia pede que governo explique dossiê contra antifascistas
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro é multado em R$ 38 mil por desmatamento ilegal de área protegida
COMENDA
Dourados vai receber quinta-feira o “Premio Prefeitura Amiga da Mulher”
TRÁFICO
Jovem de 18 anos é preso com Skank que seria lavada para Goiás

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
DOURADOS
Condutor de veículo que atropelou ciclista e fugiu sem prestar socorro é identificado
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos