quinta, 27 de janeiro de 2022
Dourados
33°max
24°min
Campo Grande
30°max
22°min
Três Lagoas
35°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MELHOR ATLETA

Paratleta de MS recebe prêmio e é destaque na revista Forbes

04 janeiro 2022 - 17h05Por Da Redação

Paratleta de Mato Grosso do Sul apoiado pela Fundesporte, Yeltsin Jacques continua levando o nome do Estado para todos os cantos. Após ganhar duas medalhas de ouro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, foi a vez de receber o prêmio Surto Olímpico de melhor atleta paralímpico masculino e ainda entrar para a lista Under 30 da Forbes Brasil, como um dos jovens de até 30 anos mais promissores do País.

“Quando me mandaram a mensagem de que eu havia sido selecionado [pela revista], fiquei deslumbrado. O próprio editor me deu a notícia. A lista da Forbes contém os nomes de maior destaque com menos de 30 anos por tudo o que fizeram na carreira. Isso e o prêmio Surto Olímpico de melhor do ano foram duas excelentes notícias”, contou o paratleta campo-grandense.

A lista Under 30 foi feita pela equipe de jornalistas da Forbes, com a colaboração de especialistas. Cada candidato foi avaliado segundo critérios e métricas como relevância para o setor, faturamento, valor de mercado, aportes recebidos, número de seguidores nas redes sociais, alcance e impacto social, criatividade e ineditismo. 

Tóquio

Na melhor campanha da história, o Brasil igualou a sua melhor marca de 72 medalhas nas paralimpíadas do Japão, mas, pela primeira vez, levou 22 de ouro.

E foi de Yeltsin a 100ª medalha do Brasil ao vencer os 1.500m T11, classe para atletas cegos, com direito a recorde mundial. O atleta, acompanhado do guia Antônio Carlos dos Santos, liderou de ponta a ponta e terminou a prova com o tempo de 3min57s60. 

Antes, Yeltsin já havia subido ao lugar mais alto do pódio nos 5.000m T11. “Mostramos que a gente consegue, que Mato Grosso do Sul tem potencial. Das 22 medalhas douradas, duas foram minhas. E agora estou treinando em uma pista nova”, disse o medalhista.

Agora, Yeltsin já se prepara para um ciclo de competições na Europa, visando o Mundial 2023 e as Paralimpíadas 2024 de Paris.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bia Haddad faz história e coloca Brasil na final do Aberto da Austrália
TÊNIS

Bia Haddad faz história e coloca Brasil na final do Aberto da Austrália

UEMS

Conselho Universitário realiza reunião extraordinária nesta quinta-feira

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 31 milhões nesta quinta-feira
LOTERIA

Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 31 milhões nesta quinta-feira

ECONOMIA

Contribuintes com débitos na AGEMS podem aderir ao Refis até 31

Foragida fura bloqueio, mas é presa com quase meia tonelada de maconha
TRÊS LAGOAS

Foragida fura bloqueio, mas é presa com quase meia tonelada de maconha

EDUCAÇÃO

IFMS divulga resultado final de seleção para cursos técnicos a distância

DOURADOS

Melhorias realizadas na PED reforçam segurança de policiais penais

PONTA PORÃ

Motociclista morre atropelado por caminhonete na BR-463

TEMPO

Quinta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados

FRONTEIRA

Homem é morto na frente da namorada logo após sair de presídio

Mais Lidas

DOURADOS

Homem ostenta em boate, não concorda com valor da conta e vai parar na delegacia

FURTO

Jovem abre algema e tenta fugir de delegacia em Dourados durante autuação

DOURADOS

Preso o jovem autor de pelo menos 20 furtos apenas neste ano

RIBAS DO RIO PARDO

Pai, mãe e filho morreram em colisão entre veículos na BR-262