Menu
Busca terça, 26 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
FUTEBOL

Palmeiras irá cortar 9 jogadores para a Libertadores. Veja quem corre risco

23 janeiro 2016 - 12h45

O Palmeiras disputará na noite deste sábado a final do torneio amistoso disputado no Uruguai. Depois de bater o Libertad-PAR, o time paulista terá pela frente um dos adversários da fase de grupos da Libertadores, o Nacional-URU.

Além de dar ao Palmeiras essa oportunidade, o quadrangular também pode ser considerado uma prévia do grupo que será escolhido pelo técnico Marcelo de Oliveira para a disputa da Libertadores. No total, 29 jogadores estão no Uruguai. A lista final da Libertadores, por sua vez, terá 30 -- ela deve ser divulgada nos próximos dias.

Hoje, o elenco alviverde conta com 39 atletas. Dessa forma, comissão técnica precisou cortar dez jogadores do grupo que foi ao Uruguai. Ficaram fora os goleiros Jailson e Anderson, o zagueiro Nathan, o volante Rodrigo, os meias Jobson, Cleiton Xavier e Fellype Gabriel, além dos atacantes Luan, Barrios e Mouche.

Dessa lista, apenas Barrios está garantido na lista da Libertadores -- o atacante paraguaio foi poupado da viagem ao Uruguai para aprimorar a parte física, além de passar por uma cirurgia na boca. Com ele, teoricamente, o grupo está fechado.

Os outros oito atletas terão de correr atrás da vaga. Segundo o treinador Marcelo Oliveira, todos ainda têm chance de integrar a lista da Libertadores. Na última sexta-feira, o comandante alviverde ainda indicou que Rodrigo e Cleiton Xavier, contundidos, saem na frente.

"Critério técnico (será usado para fechar). Esperamos inscrever os melhores para as competições. Perdemos dois jogadores. Isso é muito comum quando se está competindo forte. Esses que estão à disposição (que ficaram fora da lista) precisam estar preparados para jogar", disse Marcelo.
Rodrigo, um dos reforços para a temporada 2016, terá uma tarefa árdua pela frente. Marcelo Oliveira tem mais cinco jogadores à disposição para o meio-campo defensivo: Arouca, Gabriel, Jean, Thiago Santos e Matheus Sales.

Já Cleiton Xavier terá outros quatro meias na disputa: Allione, Robinho, Régis e Moisés. O camisa 10, porém, voltará às atividades em no mínimo seis semanas, por conta de uma lesão muscular na panturrilha direita.

No Paulistão, mais cortes

No Campeonato Paulista, o corte será ainda maior. Marcelo Oliveira terá de montar uma lista com 28 nomes. O setor ofensivo, com nove jogadores, pode sofrer mais cortes em relação à lista da Libertadores.

Além de Luan, o clube conta com Alecsandro, Cristaldo, Dudu, Erik, Gabriel Jesus, Rafael Marques, Lucas Barrios e Mouche. O Palmeiras ainda tem seis laterais no elenco -- todos viajaram ao Uruguai. São eles: Egídio, Zé Roberto, Victor Luis, João Pedro, Lucas e Taylor.

O Palmeiras estreará no Paulistão no dia 31 de janeiro, contra o Botafogo-SP, em Ribeirão Preto. O primeiro jogo da Libertadores ocorrerá no dia 16 de fevereiro, fora de casa. O adversário sairá do confronto entre River Plate-URU e Universidad de Chile.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Governo impede entrada de estrangeiros no país por terra e água
BALANÇO
TST fechou 2020 com mais processos julgados que em 2019
EDUCAÇÃO
Curso de Psicologia promove palestra on-line para tirar dúvidas dos recém-formados
REUNIÃO
Petrobras elege novo Diretor de Refino e Gás Natural
216 VAGAS
Fiems inaugura Edifício Garagem para atender unidades do Sesi e Senai na Capital
CULTURA
Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021
OPINIÃO
Ignore o fardo e viva a vida
MATO GROSSO DO SUL
Frentistas discutem reajuste salarial e outros benefícios no domingo em Campo Grande
BRASIL
Ministério faz consulta pública sobre política de promoção da saúde
EDUCAÇÃO
IFMS reabre prazo de matrículas da 1ª chamada para cursos técnicos integrados

Mais Lidas

DOURADOS
Motorista envolvido em acidente fatal relata bebida ao depor e é liberado 
ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
CRIME
Vizinhança flagra suspeito pulando muro e evita furto em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados