Menu
Busca terça, 01 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

MS traz medalha da final nacional da Superliga de Vôlei Adaptado

26 dezembro 2019 - 14h20Por Da Redação

Ponta Porã conquistou a medalha de bronze na final nacional da Superliga de Vôlei Adaptado. O campeonato, promovido pela Confederação Brasileira de Voleibol Adaptado (CBVA), foi disputado no Ginásio Municipal Antônio Carlos Natalone, em São José do Rio Preto-SP, de 14 a 16 de dezembro.

De acordo com a organização, participaram aproximadamente 1,5 mil atletas, de 55 equipes, de cinco unidades federativas: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Espírito Santo e Minas Gerais. As partidas foram realizadas nas categorias +69, +59 e +47, nos gêneros masculino e feminino.

O terceiro lugar ponta-poranense foi obtido na categoria +47 masculino. São José do Rio Preto-SP ficou com a prata e Santos-SP encerrou a competição com a medalha dourada. Mato Grosso do Sul foi representado em todas as categorias, com o total de 21 equipes, de Três Lagoas, Ponta Porã, Maracaju, Campo Grande e Rochedo.

Feminino +69: Três Lagoas, Ponta Porã e Maracaju;

Feminino +59: Maracaju, Três Lagoas, Ponta Porã e Campo Grande;

Feminino +47: Três Lagoas, Rochedo, Maracaju, Ponta Porã e Campo Grande;

Masculino +69: Três Lagoas e Ponta Porã;

Masculino +59: Três Lagoas, Campo Grande, Maracaju e Ponta Porã;

Masculino +47: Ponta Porã, Três Lagoas e Campo Grande. 

Segundo o presidente da CBVA, Lucas Rodrigo Dimarco, a modalidade voltada a idosos cresce em termos de visibilidade e adesão de atletas nos últimos 15 anos. Apesar de ter começado com o objetivo de promover a inclusão, socialização, melhora da autoestima e das capacidades físicas, atualmente há significativa competitividade entre as equipes dos cincos Estados, sempre presentes em certames a nível nacional. 

Especificidades da modalidade

O vôlei adaptado é uma modalidade esportiva semelhante ao voleibol convencional, regido pelas regras oficiais, com alterações que o tornam mais apropriado aos atletas da melhor idade. Normalmente, a quadra possui as mesmas especificações e dimensões do voleibol oficial. A altura da rede para o gênero feminino é de 2,24 metros e para o masculino 2,43 metros. 

As principais modificações em relação ao vôlei tradicional são observadas no saque e recepção. No primeiro fundamento, a bola pode ser arremessada ou golpeada com uma das mãos por baixo ou lateralmente, desde que essa ação se dê abaixo da linha dos ombros. Na recepção, o jogador pode segurar a bola com uma ou duas mãos e, posteriormente, passá-la para que a equipe efetue os três toques antes do envio à quadra adversária. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEVANTAMENTO
MS tem aumento no número de pessoas desocupadas em outubro
UFGD
Prazo de inscrições para o Bolsa Cultura Web é prorrogado para o dia 18
BRASIL
Dólar abre o mês de dezembro em forte queda
Cocaína avaliada em R$ 1,2 milhão que saiu de Dourados é apreendida
TRÁFICO
Cocaína avaliada em R$ 1,2 milhão que saiu de Dourados é apreendida
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
MPMS entrega projeto de lei propondo mudanças na gestão administrativa
MAUS TRATOS
Dono de chácara deixa porcos sem água e comida e leva multa da Ambiental
É LEI
Diploma em Braille deve ser fornecido para aluno com deficiência visual
PANDEMIA
Falta de leitos de UTI coloca em risco população de Dourados, diz secretário
DOURADOS
Câmara também decreta ponto facultativo na segunda e agenda sessão para dia 9
LAGUNA CARAPà
Carga de maconha apreendida em caminhão ultrapassa 6 toneladas

Mais Lidas

PODER PÚBLICO
Gaeco volta às ruas de Dourados com nova operação
POLICIAL
Criminoso imita abordagem de polícia para cometer roubo em Dourados
BR-376
Acidente entre Dourados e Fátima do Sul deixa um morto e dois feridos
PANDEMIA
Covid volta a matar e Dourados acumula 120 vítimas da doença