Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Kaká aceitaria baixar salários para ir ao Milan

20 janeiro 2013 - 20h00



Aos poucos, Kaká parece estar se aproximando cada vez mais do Milan. Neste sábado, diversas fontes discorreram sobre o possível retorno do meia ao San Siro. O vice-presidente do clube, Adriano Galliani, por exemplo, garantiu que tanto o próprio jogador quanto o Real Madrid querem trilhar caminhos diferentes a partir de agora, apesar de o dirigente ter se mostrado pessimista com a possibilidade de arcar integralmente com os salários do atleta.

"Se Kaká vier, será por dois anos e meio, por empréstimo ou por uma transferência definitiva. O bom de tudo isso é que ele quer voltar ao Milan e o Real Madrid quer negociá-lo. Mas o lado negativo é que ainda temos que fazer um grande esforço para tirar a diferença do que Kaká recebe em Madri. É difícil, muito difícil", explicou o dirigente.

Essa "diferença" está, no entanto, um pouco mais próxima de ser sanada, segundo a Gazzetta dello Sport. De acordo com a edição deste sábado do jornal, Kaká está disposto a diminuir os 10,5 milhões de euros (R$ 28 milhões) que recebe anualmente no Real para cerca de 7,5 milhões de euros (R$ 20 milhões). Ainda assim, a cúpula do Milan teria estabelecido aproximadamente 4,5 milhões de euros (R$ 12 milhões) como o máximo que poderia pagar ao jogador.

Mais cedo, também neste sábado, o técnico do Milan, Massimiliano Allegri, já havia confirmado o interesse na contratação do brasileiro, se dizendo "feliz" com a chance de o jogador defender a equipe italiana.

Kaká não foi, inclusive, relacionado para a partida deste domingo contra o Valencia, pelo Campeonato Espanhol. O técnico José Mourinho chamou sete meio-campistas para a partida - Khedira, Özil, Xabi Alonso, Essien, Modric, Callejón e Di María -, mas optou por deixar o brasileiro fora da lista de convocados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Polícia localiza jovem que estava desaparecida desde quarta-feira
POLÍTICA
'Médico não abandona paciente', diz Mandetta sobre eventual demissão
CAPITAL
Mulher vê filha ser estuprada pelo avô que também a violentou quando criança
COVID-19
Saúde de MS recebe seis mil testes rápidos para diagnóstico do coronavírus
FRONTEIRA
Polícia Militar apreende 327 quilos de maconha em dois veículos
Marie Claire
Ex-BBB20 Felipe Prior é acusado de violentar mulheres, diz revista
SEU BOLSO
Governo antecipa prazo final de saque do abono do PIS-Pasep
JUSTIÇA
Mulher ofendida por rede social será indenizada por dano moral
ESCOLTA
PRF realiza escolta no repatriamento de brasileiros vindos da Bolívia
SAÚDE
Estudantes da UFGD criam site para divulgar dados atualizados da covid-19

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações