Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
FUTEBOL

Jefferson diz que Neymar "toca o piano", mas nega dependência

16 junho 2015 - 19h00

Globo

Sob o olhar atento do técnico Dunga, o goleiro Jefferson foi um dos escolhidos para conversar os jornalistas na véspera do duelo contra a Colômbia, em Santiago. Questionado sobre a dependência da equipe em Neymar, que marcou um dos gols e deu uma assistência na vitória por 2 a 1 do Brasil sobre o Peru, o arqueiro negou que a seleção brasileira comandada por Dunga só sabe jogar em função do camisa 10.

"A seleção brasileira não joga em função do Neymar. O Neymar é que tem personalidade, confiança, alegria. Ele chama a responsabilidade. Acho que a diferença está aí. Jogamos contra o México sem o Neymar e fizemos uma grande partida. Quando está em campo, chama a responsabilidade pelo jogador que é. Mas temos outros que podem fazer a diferença a qualquer momento", afirmou o jogador.
Na opinião do goleiro, Neymar assumiu a posição de protagonista da Seleção.

"Neymar assumiu o papel fundamental na Seleção, o protagonismo, é nosso capitão. Jogador diferenciado, fora do normal, todo mundo sabe. Muita gente no Brasil ainda critica o Neymar, algo que a gente não entende. O Neymar e muitos jogadores assumem que alguns têm que carregar o piano e outros têm que tocar. Temos de ter a humildade de saber que quem decide na frente são os atacantes, nós defensores estamos para ajudar. Privilégio jogar com Neymar".

Jefferson comentou também a possibilidade de Neymar ser o mais caçado da seleção brasileira em campo. Para o goleiro, o camisa 10 tem estilo próprio e não pode mudar.

"A gente sabe o estilo de jogo dele. Alegre, ousado, para frente. Temos de entender o estilo. Em nenhum momento a gente vê que está esnobando adversários. Quer sempre atacar, levar para cima com respeito. É o estilo de jogo dele. A gente fica bastante motivado. Ele chama a responsabilidade. Se a bola não chega, ele volta para buscar. Não é questão de os adversários deixarem jogar, é difícil de ser batido. Vai ser um dos melhores do mundo".

Durante a conversa com a imprensa, Jefferson falou ainda de sua falha no gol do Peru, na estreia, em Temuco, e de como se prepara para as partidas da Seleção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Foragido da Justiça de 19 anos sofre tentativa de homicídio na fronteira
PRESIDENTE INVESTIGADO
STF tira do plenário virtual discussão sobre depoimento de Bolsonaro
TRÁFICO
Traficante de disk-droga é preso com porções de cocaína, moto e dinheiro
AJUDA
Caixa detalha calendário de pagamentos do auxílio emergencial extensão
CAPITAL
Hóspede é encontrado morto dentro de banheiro de hotel
FUTEBOL
CBF divulga tabela da 16ª à 20ª rodada; Fla fará dois jogos em 50 horas
REGIÃO
Polícia desarticula grupo que agia em cidades da região do Vale do Ivinhema
MADEIRA
Queimadas no Pantanal destroem oito pontes nas MS-243 e MS-195
BONITO
Vítima de estelionato arma emboscada e ajuda a prender golpista
TECNOLOGIA
Aplicativo do Detran-MS recebe atualização para serviços pelo celular

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira