Menu
Busca quinta, 21 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
ITAPORÃ

Herói do titulo estadual da Série B, Gustavo também brilhou em SC

18 novembro 2015 - 11h49

O atacante Gustavo Henrique Alves Mendonça teve um final de semana de estrela. Reserva em todo o Campeonato Estadual Série B, o atacante de 24 anos entrou ainda no primeiro tempo contra o Maracaju no lugar de Tutinha para escrever seu nome na história do Itaporã ao marcar os dois primeiros gols na vitória por 3 a 0 que deu o acesso e o título da competição ao seu time.

No momento que Gustavo foi chamado pelo treinador Nei César, o Itaporã empatava em 0 a 0 e via o Aquidauanense ficar com a vaga na primeira divisão. Depois de um primeiro tempo irreconhecível, o Itaporã confirmou o acesso com três gols na segunda etapa e Gustavo balançou a rede duas vezes. A vitória também deu o título da Série B pela segunda vez no história. Mas não foi a primeira vez que o atacante foi decisivo em jogo que valia o acesso.

“Eu acredito que tudo na vida de um homem e um propósito de Deus, não acredito em sorte, apenas acredito no trabalho e acima de tudo no meu Deus. Sábado, mais uma vez ele me honrou e pela segunda vez pude ser decisivo e fazer gols em um jogo de final”, disse o jogador lembrando de sua passagem pelo Inter de Lages no futebol catarinense onde marcou um gol e deu passe para outro no jogo que valeu acesso do time da terceira para a segunda divisão do Estado.

O Itaporã foi campeão graças a vitória na última rodada do quadrangular final contra o Maracaju e derrota do Operário para o Aquidauanense fora de casa. Com isso, os dois times ficaram com 11 pontos, mas o Itaporã levou a melhor no critério de desempate sobre o Galo.

Sobre a campanha do Itaporã, o jogador valorizou o projeto realizado pelo presidente e gestor do clube, Tony Montalvão, e ainda mencionou os momentos vividos durante a competição.

“Sobre o título fico feliz e com sentimento de missão cumprida. Acredito que fomos guerreiros. Fizemos uma campanha de vencedores , pois passamos por todas as situações no campeonato. Experimentamos de tudo, vitória, empate e derrota, mais sobre todas elas soubemos passar e prevalecer e fomos campeões” analisou Gustavo.

“Agradeço ao time, ao treinador Ney Cesar que confiou em mim e ao presidente Tony que fez um trabalho maravilhoso aqui com esse grupo. Se não fosse a competência deles e a honestidade, não teríamos feito essa campanha vencedora”, completou.

Estrela ou não, Gustavo viajou para reencontrar e comemorar o título da segundona de Mato Grosso do Sul com sua família e espera nos próximos dias definir seu futuro. O Itaporã deve começar a projetar a Série A ainda nesta semana com a confirmação do elenco e comissão técnica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
IFMS divulga resultado de seleção para cursos a distância em dez municípios
LEGISLATIVO
Comissão de juristas vai revisar legislação sobre racismo
BRASIL
Vacinas da Índia devem chegar no fim da tarde de amanhã ao Rio
Onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
REABILITADA
Onça resgatada em incêndio do Pantanal é devolvida à natureza
EDUCAÇÃO
Vestibular Uems oferta 40 vagas em Mundo Novo
IMUNIZAÇÃO
Importação de insumo de vacinas é questão burocrática, diz Bolsonaro
UNIVERSIDADE
UFGD forma novos médicos em cerimônia remota nesta sexta
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Proposta obriga cidades turísticas a oferecerem acesso à praia para pessoas com deficiência
MATO GROSSO DO SUL
Governo do Estado e MPMS alinham estratégias de fiscalização no combate a Covid
PANDEMIA
Covid-19: mortes somam 214,1 mil e casos, 8,69 milhões

Mais Lidas

DOURADOS
Promotor vê preconceito em comentários contra vacina para índios e denuncia à PF
DOURADOS
Mulher é presa acusada de dar cobertura para assaltantes que rendiam família
VILA ÍNDIO
Enfermeiro de 50 anos é primeiro vacinado contra Covid-19 em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa após assaltar entregador em frente conveniência no Jardim Flórida