segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
ESPORTE

Governo apresenta programa para expandir práticas esportivas em aldeias indígenas

22 fevereiro 2022 - 15h34Por Jhonatan Xavier

Representantes de comunidades indígenas de Mato Grosso do Sul participaram, nesta terça-feira (22), de uma consulta pública organizada pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) e pela Secretaria de Estado de Cidadania e Cultura (Secic), com o objetivo de discutir a ampliação de atividades esportivas e de lazer nas aldeias. O evento foi realizado no Museu das Culturas Dom Bosco, no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande.

As propostas apresentadas integram o programa "Povos Indígenas: Esportes, Lazer e Cidadania", que contempla a publicação de um edital de chamamento público para a contratação de profissionais de educação física e agentes de esporte para todas as aldeias do estado, além da distribuição de kits de material desportivo com itens solicitados por cada comunidade.

O diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, destaca que o programa objetiva aumentar o acesso às práticas esportivas, abrangendo pessoas de todas as idades nas aldeias, de forma organizada e sistematizada. “Nestes sete anos o Governo do Estado sempre teve um olhar muito especial para essa população. Todos os programas da Fundesporte privilegiam e contemplam os povos indígenas, porém precisamos de uma atuação mais específica. Agora, vamos aplicar um programa nas aldeias que use o esporte como um instrumento de transformação social”.

No encontro, os representantes indígenas tiveram a oportunidade de discutir o que foi exposto pelo Governo, além de apresentar críticas, sugestões e novos pontos de vista, de forma que o edital publicado atenda, de fato, aos anseios dos povos originários no segmento esportivo. “É muito importante que o Governo do estado ouça essa parcela da população, uma vez que não faz sentido a realização de um projeto que não a atenda”, declara o secretário de Estado de Cidadania e Cultura, João César Mattogrosso. “Com essa conversa, vamos conseguir entregar um produto final que será adequadamente utilizado pelas comunidades”.

O encontro reuniu caciques das oito etnias indígenas presentes em Mato Grosso do Sul: Atikum, Guarani Kaiowá, Guarani Ñandeva, Guató, Kadiwéu, Kinikinau, Ofaié e Terena, de 29 municípios. “O estado inteiro está aqui, temos representantes de várias etnias. Essa união foi essencial, fazendo com que fossem apresentados os pontos de todos”, relata a cacique Ana Batista, da aldeia Tereré, em Sidrolândia. “O governador está de parabéns, assim como toda a equipe da Fundesporte e da secretaria”, conclui.

Resgate dos Jogos Indígenas

O resgate dos Jogos Indígenas de Mato Grosso do Sul, proposto pela Fundesporte, também foi aprovado por unanimidade pelos representantes. A competição será realizada ainda neste ano, no segundo semestre. A previsão é que tenha como sede o Parque das Nações Indígenas, na capital, e envolva também apresentações artísticas e culturais.

“Nosso objetivo desde o início da gestão foi fortalecer a prática esportiva dentro das comunidades indígenas. Isso fica claro quando vemos que, das 17 escolas indígenas do estado, 12 fazem parte do Programa MS Desporto Escolar (Prodesc) A partir de 2019, começamos a pensar na organização de competições. Infelizmente, por conta da pandemia de Covid-19, nossos planos foram atrasados, sendo retomados no momento”, pontua o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda.

Participaram também da consulta pública o secretário-adjunto da Secic, Eduardo Romero; os subsecretários de Políticas Públicas, Fernando Souza (População Indígena), Luciana Azambuja e Ian Leal (Juventude). Da Fundesporte, o diretor-executivo Silvio Lobo Filho e a gerente-geral de Planejamento, Fabiane Macedo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana inicia quente, com sol e baixa umidade em MS
CLIMA

Semana inicia quente, com sol e baixa umidade em MS

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado
MEIO AMBIENTE

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado

SAÚDE

Estudo alerta para urgência de novos tratamentos contra verminoses

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca
ÁGUAS DO MIRANDA

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos
LUTO

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Bioparque Pantanal recebe animais taxidermizados nesta segunda

BONITO

Homem morre após cair de barranco de pesqueiro

LUTO

Morre, no Rio, aos 88 anos, autor da Lei Rouanet

MS-080

PMA apreende caminhão com 29 m³ de madeira ilegal e autua proprietário em 8,6 mil

CAPITAL

Ao tentar fugir da polícia, motorista capota carro recheado de contrabando

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado