segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
FUTEBOL

Goleiro Denis relata a pressão de substituir Rogério Ceni

24 fevereiro 2022 - 07h50Por Da Redação

O goleiro Rogério Ceni é um dos maiores ídolos da torcida do São Paulo. Seu sucessor, Denis, relata a pressão que sentiu ao substituir Ceni nas redes do SPFC.

Se perguntarmos à torcida do São Paulo Futebol Clube qual o maior ídolo, a maior parte das pessoas responderá o goleiro Rogério Ceni. 

E não é para menos. Afinal, Ceni escreveu seu nome na história do futebol brasileiro e mundial com uma peculiaridade: é o maior goleiro artilheiro da história do esporte. 

Além disso, é um dos melhores defensores da história, com diversos títulos nacionais e internacionais no currículo. Sua despedida dos gramados como jogador foi em 2015, tendo como sucessor o goleiro Denis, que tinha sido reserva de Rogério por 7 anos. 

Denis e a pressão de substituir Rogério Ceni

Em 2016, o então goleiro reserva do São Paulo, Denis, recebeu uma missão que muitos julgariam impossível: substituir o eterno ídolo do SPFC, Rogério Ceni, na defesa das redes do Tricolor.

Mesmo sendo seu reserva por 7 anos e convivendo diariamente com o titular, Denis sentia que a pressão de substituir à altura um dos melhores goleiros do esporte lhe atrapalhava em campo.

Sempre destaque no esporte SPFC colecionava títulos quando Rogério era o goleiro titular, incluindo a conquista do Campeonato Mundial em 2005. Ceni teve desempenho excepcional nas defesas, sendo sempre muito elogiado.

Até hoje, os elogios chegam a Ceni. Júlio César, ex-goleiro de times como Flamengo e da Seleção Brasileira, diz que Rogério teve a melhor atuação de todos os tempos em um jogo da Copa Sul-Americana, onde o SPFC saiu vitorioso. O curioso é que, nesta partida, o goleiro já estava na etapa de encerramento de sua carreira como jogador.

A pressão fez Denis buscar ajuda psicológica

A pressão sentida por Denis costumava entrar em sua cabeça. O goleiro sentia que, se tomasse algum gol, todos iam comentar que “Rogério Ceni não tomaria este gol”. E isso acabou atrapalhando seu rendimento.

Antes de entrar em campo, Denis pensava que não “poderia tomar gol”. Mesmo estando há 9 anos no São Paulo, sentia que a torcida nunca estaria ao seu lado.

Este sentimento fez com que o goleiro procurasse ajuda da psicóloga do clube, onde começou a trabalhar na cobrança que recebia, e o que fazer para que não atrapalhasse o seu rendimento em campo. Denis conta que foi a fase mais delicada de sua carreira, que começou a “pirar” com toda a situação.

Hoje, o goleiro atua no futebol grego, mas revela que, na época, evitava até assistir programas esportivos, ler jornais e entrar em redes sociais para evitar ler comentários que pudessem causar o aumento do estresse e pressão que sentia.

As críticas fizeram com que a jornada do goleiro no time não durasse muito tempo, não aceitando os termos da renovação de contrato com o São Paulo em 2017. Foram cerca de 130 jogos defendendo as redes do Tricolor Paulista.
Como treinador, quem sente a pressão agora é Rogério Ceni
Pressão é o que sente Rogério Ceni, no comando do São Paulo pela segunda vez. Depois de temporadas instáveis no comando do Flamengo, o ex-goleiro volta como técnico do Tricolor no Campeonato Paulista.

Nos três primeiros jogos do São Paulo no campeonato, o time conquistou somente um ponto, vindo de um empate em casa contra o Ituano. Os outros dois jogos foram derrotas para o Guarani e Bragantino.

As mudanças que Ceni fez na escalação do time nesses jogos não rendeu resultado, o que aumentou a pressão da diretoria em cima do técnico. Se como jogador Ceni era ídolo, como treinador está sofrendo mais pressão do que nunca.

E você, o que achou do desempenho de Denis no curto tempo no SPFC? Queremos sua opinião!

Deixe seu Comentário

Leia Também

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado
MEIO AMBIENTE

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado

SAÚDE

Estudo alerta para urgência de novos tratamentos contra verminoses

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca
ÁGUAS DO MIRANDA

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos
LUTO

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos

Bioparque Pantanal recebe animais taxidermizados nesta segunda
EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Bioparque Pantanal recebe animais taxidermizados nesta segunda

BONITO

Homem morre após cair de barranco de pesqueiro

LUTO

Morre, no Rio, aos 88 anos, autor da Lei Rouanet

MS-080

PMA apreende caminhão com 29 m³ de madeira ilegal e autua proprietário em 8,6 mil

CAPITAL

Ao tentar fugir da polícia, motorista capota carro recheado de contrabando

MS

Governo amplia número de vagas do concurso de escrivão e delegado da Polícia Civil

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado