Menu
Busca domingo, 29 de março de 2020
(67) 9860-3221

Fifa restringe cigarro em estádios no Mundial e Copa das Confederações

07 março 2013 - 18h00

O uso do cigarro será restrito pela Fifa nos estádios brasileiros durante a Copa do Mundo de 2014 e a Copa das Confederações de 2013. O anúncio foi feito pelo francês Jérôme Valcke, secretário-geral da entidade, em entrevista concedida nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro.

“Reconhecemos que o uso do tabaco pode prejudicar as pessoas do estádio. Não há nada pior do que uma pessoa ao seu lado soltando fumaça na sua cara. Não será permitido fumar nas 12 cidades-sede”, disse Valcke, que confessou já ter sido fumante.

Segundo a resolução da Fifa, existirão áreas específicas para fumantes nos estádios brasileiros durante as competições. Como explicou ao site oficial da entidade o médico Luminita Sanda, da Organização Mundial da Saúde (OMS), a venda de tabaco ou de produtos associados a ele não será permitida no perímetro do local do evento. Qualquer forma de publicidade, promoção ou patrocínio ligado ao fumo, seja de forma direta ou através dos meios de comunicação, também está vetada.

De acordo com a Fifa, todos os Mundiais a partir do de 2002, organizado na Coreia do Sul e no Japão, foram disputados em "estádios livres do fumo", conforme a expressão usada pelo órgão que rege o futebol mundial.

Sanda destaca que a mesma iniciativa a ser implantada no Brasil foi usada também na Olimpíada de Verão de Pequim 2008 e de Londres 2012 e na de Inverno de Vancouver 2010. Ele afirma que "a epidemia do tabagismo é uma das maiores ameaças de saúde pública", matando quase 6 milhões de pessoas por ano no mundo. Entre essas, mais de 5 milhões são fumantes e ex-fumantes e mais de 600 mil não o são, porém ficam expostos ao fumo de maneira passiva.

Nesta semana, a Fifa, o Comitê Organizador Local (COL) e o governo federal realizaram a penúltima reunião antes da Copa das Confederações, que será disputada entre 15 e 30 de junho de 2013. Valcke visitou dois estádios que abrigarão o torneio (o Castelão, em Fortaleza; e o Mineirão, em Belo Horizonte) e faria uma vistoria também no Maracanã, mas as fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro na última terça-feira adiaram a inspeção do local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Bolsonaro dá passeio em Brasília após Mandetta enfatizar isolamento
ACIDENTE
Motociclista morre ao colidir em touro em cidade do interior
ESTAVA NA PED
Mato-grossense é preso com por tráfico de drogas em Dourados
NOTA PREMIADA
Lista de ganhadores já está disponível para consulta
DOURADOS
Homem entra em veículo e anuncia assalto com arma de brinquedo; vídeo
COVID-19
Casos de coronavírus no Brasil em 29 de março
COXIM
Jovem de 17 anos esfaqueia tio por causa de buzina de carro
PANDEMIA
Ex-técnico René Simões testa positivo para o novo coronavírus
TRÊS MESES
Governo prorroga receitas de medicamentos da Casa de Saúde
74 ANOS
Bahia registra primeira morte de paciente com coronavírus

Mais Lidas

COVID-19
Saúde confirma coronavírus para mulher internada em Dourados e casos chegam a 28 em MS
COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Sindicato emite nota e diz que empregados foram obrigados a participar de ato