quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
FUTEBOL

Fifa limita empréstimos de jogadores já a partir da próxima temporada

20 janeiro 2022 - 20h50Por GE

A Fifa anunciou nesta quinta-feira, dia 20 de janeiro, a criação de uma série de regras para limitar o número de jogadores que um clube pode emprestar a outros. A intenção é disciplinar o mercado e evitar que clubes com muito poder financeiro acumulem atletas mesmo sem ter a intenção de utilizá-los em seus times.

O Chelsea, por exemplo, tem 22 jogadores nesta condição. O Manchester United tem 15, entre eles Andreas Pereira, cedido ao Flamengo. A Juventus de Turim tem 10, um deles Douglas Costa, ao Grêmio.

Esse plano deveria ter sido posto em prática em julho de 2020, mas a pandemia da Covid-19 levou a entidade a atrasar sua implantação em dois anos. As regras passam a valer a partir de 1º de julho de 2022 para o transferências internacionais.

Os empréstimos não poderão durar mais do que um ano

Está proibido o sub-empréstimo (um clube não poderá tomar um jogador emprestado e repassá-lo a outro)

Nenhum clube pode ter mais do que três atletas emprestados para (ou de) um mesmo clube

O número total de atletas emprestados para (ou de) um mesmo clube sofrerá uma limitação gradual:

Na temporada 2022/2023, oito jogadores

Na temporada 2023/2024, sete jogadores

A partir de 1 de julho de 2024, esse número ficará fixado em seis

Por exemplo: o Barcelona poderá emprestar até oito (depois sete, depois seis) de seus jogadores. Mas nunca mais do que três para o mesmo clube de destino.

Exceção importante: jogadores com menos de 21 anos e jogadores formados nas categorias de base de um clube estão isentos dessas limitações. Ou seja, a Fifa quer limitar a "compra para empréstimo".

De acordo com o comunicado distribuído pela Fifa, as associações nacionais de futebol terão tries anos para implementar essas regras em seus mercados internos.

O mercado de transferências internacionais gerou em 2021 cerca de US$ 4,865 bilhões (R$ 27 bilhões), segundo relatório da Fifa. O Brasil é disparado o país que mais movimenta o mercado mundial: 1.749 transferências, entre saídas e chegadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara dos Deputados
CONGRESSO

Lincoln Portela é eleito vice-presidente da Câmara dos Deputados

CAPITAL

Justiça mantém prisão de vendedor de pães acusado de estuprar criança

NOVOS EDITAIS

TJ/MS vai leiloar mais de mil itens depositados judicialmente

Corpo em decomposição é encontrado em rodovia
DOURADOS

Corpo em decomposição é encontrado em rodovia

Carga de cigarros contrabandeados é apreendida durante bloqueio policial
REGIÃO

Carga de cigarros contrabandeados é apreendida durante bloqueio policial

REGIÃO

Colisão entre duas carretas deixa ao menos um morto em Fátima do Sul

REGIÃO

Capivara ferida com cabo e aço é capturada para tratamento

LEGISLATIVO DE MS

Barbosinha questiona aumento de 13,53% em pedágio da BR-163 e diz que valor é abusivo

CAMPO GRANDE

Mulher forja pagamento e dá calote em clínica para realizar cirurgias plásticas

LEVANTAMENTO

Clima prejudica produtividade de cana-de-açúcar no MS que inicia safra com números negativos

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida