Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

Fifa afasta mais três dirigentes esportivos do futebol

01 junho 2015 - 18h30

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) baniu hoje (1º), em caráter provisório, mais três dirigentes esportivos suspeitos de participação no esquema de corrupção que, segundo a Promotoria de Justiça de Nova York e o FBI (Polícia Federal dos Estados Unidos) pode ter movimentado mais de US$ 150 milhões. A propina era cobrada durante as negociações de contratos publicitários, transmissões de jogos e na escolha dos países-sede das duas próximas Copas do Mundo (Rússia, 2018, Catar, 2022). Até agora a federação proibiu 14 pessoas de frequentar suas atividades.

De acordo com a Agência Brasil, por decisão do Comitê de Ética da Fifa, o secretário-geral da Confederação de Futebol das Américas do Norte, Central e do Caribe (Concacaf), Enrique Sanz, e os presidentes e o secretário-geral da Associação de Futebol do Congo, Jean Guy Mayolas e Badji Wantete, estão proibidos de promover atividades relacionadas ao futebol em seus países ou no âmbito internacional.

Sanz havia se afastado do cargo na Concacaf na última quinta-feira (28), substituído provisoriamente pelo secretário-geral adjunto da entidade, Ted Howard. A Concacaf suspendeu outros dois citados nas investigações das autoridades norte-americanas, Jeffrey Web e Eduardo Li, detidos em Zurique, na Suíça, na manhã da última quarta-feira (27), quando o FBI e a polícia suíça desencadearam uma operação internacional para desarticular o esquema de corrupção.

Ainda de acordo com o site, a Fifa afastou 11 pessoas investigadas pela Justiça dos Estados Unidos – entre elas, o brasileiro José Maria Marin. “As acusações estão claramente relacionadas com o futebol e são de natureza tão grave que era imperativo tomar uma ação rápida e imediata. O processo seguirá o seu curso em linha com o Código de Ética da Fifa", explicou o presidente do Conselho de Ética da entidade, Hans-Joachim Eckert.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Homem de 48 anos é multado em R$ 1 mil por maus tratos a cachorro
POLÍTICA
STJ nega pedido de Flávio Bolsonaro para anular decisões das 'rachadinhas'
IVINHEMA
Polícia Civil indicia mulher por provocar auto aborto em cidade de MS
UEMS
Projeto desenvolve "Sacolas de Inventar" para levar brincadeiras
CAMPO GRANDE
Polícia divulga foto de suspeito de assassinar garota de 18 anos a tiros
9ª REGIÃO MILITAR
Exército Brasileiro realiza a Operação Herácles de fiscalização em MS
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por manter duas antas em cativeiro
PANTANAL
Bombeiros superam cansaço e calor para controlar incêndios no Amolar
CAPITAL
Garras prende três com droga e munições para fuzil AK-47 na BR-163
LOTERIA
Confira as dezenas sorteadas da Mega-Sena; prêmio é de R$ 60 milhões

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira