Menu
Busca quarta, 28 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
FUTEBOL

Federação e clubes decidem Estadual nesta terça

13 novembro 2017 - 17h35

Será realizado na manhã desta terça-feira (14) na sede da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), o Conselho Arbitral do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol.

As 10 equipes remanescentes da Série A de 2017, decidirão qual será o formato da competição nos anos de 2018 e 2019.

Foram convocados os presidentes de Águia Negra, Comercial, Corumbaense, Costa Rica, Naviraiense, Novoperário, Operário, Sete de Setembro, União/ABC e Urso.

Usado desde a temporada 2010, as 12 equipes que estão na Série A são distribuídas em dois grupos com seis equipes que jogam entre si dentro de cada grupo em turno e returno.

Os quatro melhores avançam para a fase de mata-mata até a grande final. Já o último de cada grupo é rebaixado. Este formato embora desgastado, é cogitado para seguir nos próximos dois anos.

Em reunião ocorrida há 40 dias, foi esboçado propostas de mudança deste formato.

A 1ª fase seria dividido em três grupos com 4 equipes em cada. As equipes jogariam em turno e returno dentro de cada grupo.

Os dois primeiros colocados mais os dois melhores terceiros colocados, se classificariam para a 2ª fase. O último de cada grupo disputaria um triangular contra o rebaixamento.

Na 2ª fase, as oito equipes seriam divididas em dois grupos com quatro em cada jogando em turno e returno. Os dois melhores de cada grupo avançariam para a semifinal em mata-mata e depois para a decisão.

Na luta contra o rebaixamento, os últimos se enfrentariam em turno e returno e o campeão do Torneio da Morte escaparia da degola.

Estádios e Documentação

O Coordenador de Competições Marco Antonio Tavares enfatizou aos clubes na reunião realizada em outubro, sobre a comunicação do Ministério Público Estadual do prazo da Promotoria para liberação dos estádios

Os promotores tem 60 dias a contar da data do recebimento dos laudos para liberar ou não os estádios.

Com isso, ficará impossível liberações na forma de TAC ou um dia antes da competição iniciar como ocorrido em anos anteriores.

Tavares afirmou ainda que é de fundamental importância a entrega da autorização de utilização do estádio, Laudos de Engenharia, Polícia Militar, Bombeiros e Vigilância Sanitária que serão encaminhados ao Ministério Público Estadual.

Além disso, os clubes devem ainda entregar os contratos com empresa de segurança, empresa de fornecimento de ambulância, médico e enfermeiro,  com o Gerente de Segurança do estádio, brigadistas apresentando o certificado e o contrato com o Orientador de Torcida.

O Conselho Técnico será realizado às 9h e o Arbitral começa às 10h na sede da Federação de Futebol.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANTÔNIO JOÃO
Mulher é multada por criar porco do mato no quintal de residência
MATO GROSSO DO SUL
Fundação de Cultura prorroga inscrições de três editais até segunda-feira
DOURADOS
Funcionário do CCZ é agredido a pauladas durante trabalho de fiscalização
BRASIL
Governo pretende economizar R$ 97 milhões com licitação centralizada
CENTRAL DO CIDADÃO
Com queda constante de energia e calorão, Secretaria proíbe ventiladores de servidores em repartição pública
CRIME AMBIENTAL
Comerciante é multado em quase R$ 13 mil por desmatamento
CAMPO GRANDE
Detran-MS e BPMTran recuperam moto furtada em agosto
REGIÃO
Veículo utilizado em crimes é apreendido pela polícia em Aparecida do Taboado
PATRULHAMENTO
PM captura foragido da Justiça pelo crime de estupro em Costa Rica
CORREÇÃO
Polícia diz que se enganou e assassino de ator e os pais não foi preso

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade