Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
MERCADO DO FUTEBOL

Empresário de Nilmar finalmente procura Corinthians e dá início às negociações

26 agosto 2014 - 12h07

Depois de alguns dias de espera, finalmente o empresário de Nilmar, Orlando da Hora, ligou para o Corinthians para dar início às negociações. O agente havia prometido que procuraria o clube paulista assim que resolvesse todas as pendências no Al-Jaish, do Catar, onde o atacante estava atuando antes da Copa do Mundo. Na primeira proposta, o representante do jogador fez a seguinte pedida: R$ 600 mil de salário e mais R$ 2 milhões de luvas, segundo apuração da reportagem.

Os valores já são menores do que aqueles que Orlando vinha comentando em conversas nas últimas semanas, o que lhe deu a fama de sem noção dentro do mercado brasileiro - chegou de volta ao Brasil querendo pelo menos R$ 1 milhão por mês, contando com direitos de imagens. Apesar de ter baixado, os números ainda estão distantes da realidade do time paulista.

A cúpula do Parque São Jorge tem como prioridade repatriar o atleta, mas já decidiu que não fará nenhuma loucura e definiu que não topa pagar nenhum centavo de luvas, tampouco de comissão para concretizar a contratação do reforço, o que pode ser um grande obstáculo para o acerto com o empresário de Nilmar.

Já por dentro do que o agente poderia pedir ao Corinthians, o presidente Mario Gobbi afirmou neste domingo, para a Rádio Jovem Pan, que o futebol brasileiro já não comporta salários nessa faixa. "Ele é um grande jogador, não precisa provar mais nada para ninguém. Mas está numa faixa salarial que o futebol brasileiro já não comporta mais. Nem o Corinthians, nem qualquer clube no país", disse.

É exatamente por esse motivo que o time paulista entende estar sozinho hoje na briga pelo atacante. Os dirigentes do alvinegro receberam a informação de que o Internacional já abriu mão da negociação, por não ter condições financeiras de suportar os gastos com ele.

Sendo assim, o Corinthians vai tentar diminuir os valores para poder contar com Nilmar ainda neste ano, mais uma opção para o setor ofensivo da equipe de Mano Menezes, que já conta com Guerrero, Romero, Luciano, Romarinho e Malcom, que veio da base, mas não alimenta muitas esperanças.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Neno Razuk solicita sinalização asfáltica na zona urbana de Coxim
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita sinalização asfáltica na zona urbana de Coxim
Briga entre sogro e genro acaba na delegacia
DOURADOS
Briga entre sogro e genro acaba na delegacia
Após denúncias, homens são presos por furto de combustível
REGIÃO
Após denúncias, homens são presos por furto de combustível
Pandemia: sintomas da arritmia e ansiedade podem ser confundidos
SAÚDE & BEM - ESTAR
Pandemia: sintomas da arritmia e ansiedade podem ser confundidos
Meteorologia alerta para riscos da seca em seis estados e no DF
CLIMA
Meteorologia alerta para riscos da seca em seis estados e no DF
REGIÃO
Indivíduos são flagrados com fios de cobre furtados
NEGÓCIOS & CIA
Seu empreendimento tem visibilidade e lucro no caderno de "Negócios & Cia"; Saiba como
PANDEMIA
Dourados volta a registrar morte por Covid-19 e óbitos chegam a 667
REGIÃO
Casal é flagrado com veículo carregado com drogas na MS-289
REGIÃO
Dupla é presa em flagrante com drogas e dinheiro

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina