Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
ESPORTE

Das salas de aula às pistas, Bianca quer representar MS na motovelocidade

11 dezembro 2017 - 16h35

A sul-mato-grossense Bianca Trevisan #23, piloto de motovelocidade na categoria 300 cilindradas, se prepara para 2018 e espera representar o Estado nas pistas de corrida Brasil a fora. Atualmente, a professora de artes de 26 anos concilia as salas de aula com as pistas e já garantiu o reconhecimento de ser a primeira e única mulher a competir no GPMS, competição estadual de motovelocidade.

A atleta começou a vivenciar a adrenalina das pistas em 2015 a bordo de uma Kawasaki Ninja300 e desde então vem se dedicando para enfrentar as competições nacionais. Segundo Bianca, a meta para 2018 é levar o nome do Estado para as principais corridas e garantir títulos inéditos, como o SuperBike Brasil – SBK - maior campeonato de motovelocidade das américas.

“Moto sempre foi minha paixão, mas foi em Julho de 2015 que conheci a adrenalina de um autódromo. A partir desse momento comecei a investir e a treinar para competir no campeonato sul mato-grossense de motovelocidade, o GPMS” afirmou a atleta.

UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO

Depois de assumir a paixão pelo esporte, a atleta nascida em Ivinhema sofreu um acidente doméstico que lhe causou a amputação de três dedos da mão direita. 

A jovem ficou seis meses fora dos autódromos durante tratamento de fisioterapia e retornou em 2016 já para competir no GPMS.

“Apesar de todas as minhas dificuldades após o acidente consegui garantir a posição de vice-campeã” relembra.

Bianca quase perdeu o movimento da mão afetada, mas após longo tratamento conseguiu superar a limitação e acredita que 2018 será um grande ano.

 

O principal desafio de Bianca é semelhante ao de muitos sonhadores do esporte: o financeiro. Competir na motovelocidade exige investimento alto e poucos conseguem se consagrar por falta de recursos.

DAS SALAS DE AULA PARA AS PISTAS

Atualmente Bianca concilia as salas de aula, onde atua como professora de artes para alunos da rede municipal de ensino de Campo Grande, com as pistas.

Ela é professora há cinco anos e atuou  também em Dourados entre 2013 e 2014 pela Secretaria Estadual de Educação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Semana começa com 170 vagas de empregos em Dourados
FUTEBOL
Dois jogos fecham a 17ª rodada do Brasileirão nesta segunda
ABUSO SEXUAL
Mãe de criança de 12 anos flagra marido estuprando a menina
AMAMBAI
Veículo com registro de roubo/furto em SP é recuperado e homem preso por receptação
PANDEMIA
Apesar de curva de descenso, MS soma mais de 300 internados por coronavírus
DOURADOS
Aced traz Aly Baddauhy Jr para Roda Empresarial de Outubro
MATO GROSSO DO SUL
Apesar da chuva, falta de água continua e governo decreta situação de emergência
DOURADOS
Audiência na quarta-feira define rumo de julgamento sobre assassinato no shopping
DOURADOS
Orçamento para Saúde e Educação em 2021 supera meio bilhão de reais
BRASIL
Bolsonaro participa da abertura de fórum econômico com países árabes

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
CAMPO GRANDE
Mulher fica ferida após panela de pressão explodir em loja