Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99659-5905
FUTEBOL DE MS

Costa Rica quer subir de patamar no Estadual de futebol

09 janeiro 2020 - 15h35Por Da Redação/FFMS

O Costa Rica começa 2020 com uma nova expectativa. O CREC desde 2014 na elite, possui ótima estrutura, um dos maiores investimentos do estado e teve um segundo semestre diferente em 2019.

Com desistência de vários clubes da participação na Copa Verde, a cobra do norte eliminou Genus e Sinop e acabou caindo para o futuro campeão Cuiabá e espera pela 1ª vez avançar em um mata-mata no Estadual.

Para isso, trouxe o técnico mais vitorioso no estado na última década, Cláudio Roberto ex-Águia Negra, Cene, Corumbaense, futebol chinês, árabe e Seleção do Sri Lanka.

Cláudio começou como auxiliar de Elói Kruguer e preparador físico em 2007 quando o Águia conquistou seu primeiro Estadual. Voltou como treinador em 2011 e ficou até 2013 passando vários momentos distintos.

Em 2011, caiu nos acréscimos dentro de casa diante do Aquidauanense na fase quartas de final. Foi mantido para 2012 e conquistou o título sobre o Naviraiense.

Mantido por mais uma temporada, foi a época o primeiro time na história da competição atual campeão a não passar da 1ª fase em 2013 ficando a frente apenas dos rebaixados Urso e Corumbaense.

Depois foi comandar a Seleção do Sri Lanka e ficou até o final da temporada quando retornou e evitou o rebaixamento do Sete de Setembro em 2014.

Depois de salvar o time douradense, assumiu o Cene no mata-mata e conquistou o último título da história do furacão amarelo curiosamente sobre o Águia Negra.

Subiu por duas vezes o Corumbaense a Série A em 2012 e 2015 quando foi bi-vice da Série B perdendo para Novoperário e Serc respectivamente.

Deixou o Corumbaense em 2016 e trabalhou no futebol chinês, árabe e teve breve passagem pelo Espírito Santo. Cláudio chega com a primeira missão de ao menos levar o time a uma semifinal.

Na história das participações do Costa Rica no Estadual, o time foi fundado em 2004 e subiu após duas temporadas na Série B em 2006 e a melhor campanha foi em 2008 quando caiu na semifinal.

Naquela oportunidade, a competição tinha três fases de grupos antes da grande final e o Costa Rica acabou ficando em terceiro lugar na fase semifinal dos grupos ficando atrás dos finalistas Ivinhema e Misto.

Em 2010 se afastou por falta de recursos e voltou a elite em 2014 após vice-campeonato da Série B de 2013 quando perdeu em casa o caneco para o Ubiratan na grande final.

De lá pra cá só não chegou ao mata-mata em 2017 e 2018. Em 2019, caiu diante do Sete de Setembro após derrota em casa por 2 a 0 e empate em Itaporã por 2 a 2.

Boa parte do elenco que disputou a Copa Verde continua e o time vai jogar no estádio Laertão.

A estreia será dia 02 de fevereiro contra o Cena em Costa Rica. O clássico com a Serc está marcado para o dia 22 de fevereiro em Chapadão do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
TJMS condena réu de tentativa de furto por resistência e desacato
ECONOMIA
Petrobras bate recorde na produção de diesel menos poluente
PANDEMIA
Secretarias municipais devem encaminhar resultados de testes rápidos da Covid-19 à SES
CALIFÓRNIA
Corpo de atriz de Glee é encontrado por oficiais
REGIÃO
Adolescente é apreendido pela PM pela décima vez em 2020
BRASIL
Mourão diz que desmatamento foi além do aceitável na região amazônica
EDUCAÇÃO
Feira científica de MS abre inscrições para alunos da rede pública e privada de todo o Brasil
REGIÃO
Quatro são autuados pela PMA por pesca ilegal no rio Sucuriú
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta atento a cenário externo
REGIÃO
Barraca de atendimento a suspeitos de Covid-19 é rasgada por vândalos

Mais Lidas

DOURADOS
‘Deus no comando amem’: antes de crimes, atirador postou pregação religiosa
BARBÁRIE
Homem assassina ex, atira em crianças e se mata no altar de igreja em Dourados
DOURADOS
Atirador baleou criança de quatro anos na cabeça ao abrir fogo para matar ex-mulher
DOURADOS
Atirador chegou em igreja na hora da comunhão e entrou dizendo ter feito bobagem