Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
PEDESTRIANISMO

Benefícios à saúde atraem terceira idade para a Volta das Nações

16 setembro 2014 - 09h53

Cheios de energia e disposição, os idosos estão abandonando o sedentarismo e, cada vez mais, ficando adeptos da prática de exercícios físicos. Uma prova disso é a quantidade de participantes da terceira idade inscritos na 6ª Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações, que será realizada pelo Sesi e TV Morena no dia 12 de outubro em Campo Grande (MS).

Esse é o exemplo da aposentada Dinorá Moreira da Rosa, 89 anos, a participante mais idosa até o momento da competição neste ano e que busca na Volta das Nações manter em dia o bem-estar e a saúde. Ela conta que levanta cedo na cidade de Jardim e inicia suas atividades diárias com uma caminhada já visando a preparação para a prova de 7 km.

“Faço 5 km em apenas uma hora”, revelou Dinorá Moreira, que vai participar pela 5ª vez da Meia-Maratona Internacional do Pantanal. Além da caminhada diária, ela conta que pratica a arte chinesa do tai chi chuan, que oferece equilíbrio, estimula o funcionamento do corpo e também o sistema circulatório.

Sem preguiça, a aposentada também faz hidroginástica, onde faz exercícios aeróbicos na piscina. “Tudo isso aliado à caminhada, me faz levantar sempre muito disposta e, graças a Deus, estou com a saúde está em ordem”, disse ela, acrescentando que a Volta das Nações incentiva a qualidade de vida das pessoas. “A gente se sente bem praticando exercícios”, pontuou.

Outra competidora da terceira idade é Otília Vieira, 83 anos, que começou a caminhar com o incentivo de participar da Volta das Nações há três anos e, desde então, não parou de praticar a atividade. A dona de casa, que se divide entre os afazeres do lar, a máquina de costura com pequenos consertos de roupas e a produção de cortinas, além do cuidado com os netos, garante que ganhou mais disposição com a caminhada diária.

“Tenho muito mais energia nos dias que faço atividade física”, disse Otília Vieira, ao lado da filha, Lígia Argemon Vieira, 53 anos, que também vai participar da prova este ano. Esse é o terceiro ano que a família vai caminhar unida na Volta das Nações. São sete pessoas, entre avó, filhos e netos. “Essa competição é um incentivo para sair da rotina e reunir as famílias em um momento de lazer e esporte”, comentou Lígia Vieira.

###Inscrições e premiação
Os interessados têm até o dia 30 de setembro para participar, podendo se inscrever pelo site www.voltadasnacoes.ms.sesi.org.brou no Sesi de Campo Grande, localizado na Rua João Rosa Pires, 514, Bairro Amambaí, e na Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul, que fica na Rua Itápolis, 210, Bairro Ibirapuera, também na Capital.

Na edição deste ano, além do sorteio de um automóvel 0 km (avaliado em R$ 26,1 mil) entre todos os participantes da meia-maratona de 21 km, da corrida de 10 km e da caminhada de 7 km que concluírem os respectivos percursos e aguardarem a premiação, a Volta das Nações vai distribuir R$ 76.524,00 em dinheiro para os três primeiros colocados da meia-maratona nas categorias geral masculino e feminino e indústria masculino e feminino, bem como para os três primeiros colocados da meia-maratona nas categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino.

O 1º lugar no geral masculino e feminino da meia-maratona vai receber R$ 12 mil, o 2º lugar ganhará R$ 6 mil e o 3º lugar receberá R$ 3,6 mil, o 4º lugar e 5º lugares receberão troféu, enquanto na categoria indústria masculino e feminino o 1º lugar receberá prêmio de R$ 4 mil, o 2º lugar ganhará R$ 3,2 mil, o 3º lugar vai receber R$ 2,6 mil, o 4º e o 5º lugares receberão troféu. Ainda na meia-maratona, mas na categoria cadeirante masculino e feminino, o 1º lugar fica com R$ 1.430,00, o 2º com R$ 1.143,00 e o 3º com R$ 858,00, enquanto na categoria deficiente visual masculino e feminino o 1º lugar fica com R$ 1.430,00, o 2º com R$ 1.143,00 e o 3º com R$ 858,00.

A 1ª largada será às 6h50 para os atletas das categorias cadeirante e deficiente visual masculino e feminino, enquanto a 2ª largada será às 7h para os atletas das categorias elite e indústria feminino e, às 7h25, terá a 3ª e última largada para os atletas das categorias elite, indústria e geral masculino e feminino, além dos participantes da corrida de 10 km (masculino e feminino) e da caminhada de 7 km (masculino e feminino). Para participar da meia-maratona de 21 km e da corrida de 10 km, o interessado precisa ter idade mínima de 18 anos, enquanto para a caminhada de 7 km a idade é livre. Ele acrescenta que, a exemplo do ano passado, os chips de cronometragem somente serão entregues aos inscritos nas provas de 21 km e 10 km, sendo o seu uso obrigatório para esses atletas.

###Serviço
Mais informações ou inscrições na 6ª Meia-Maratona Internacional do Pantanal Volta das Nações podem ser obtidas pelo site www.voltadasnacoes.ms.sesi.org.br


Deixe seu Comentário

Leia Também

Barbosinha pede duplicação da avenida José Roberto Teixeira, em Dourados
JARDIM FLÓRIDA
Barbosinha pede duplicação da avenida José Roberto Teixeira, em Dourados
DOURADOS
Defensoria Pública lança disque denúncia para casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes
TRÊS LAGOAS
Acusado de 20 crimes, estelionatário volta a agir com máquinas avaliadas em R$ 30 mil
Festas e presentes de Dia das Crianças devem movimentar mais de R$ 11 mi em Dourados
INTENÇÃO DE CONSUMO
Festas e presentes de Dia das Crianças devem movimentar mais de R$ 11 mi em Dourados
DOURADOS
Pedestre que foi atropelado por motociclista que não resistiu, morre no HV
BATAYPORÃ
Dois são presos furtando combustível em posto na MS-276
PARQUE ALVORADA
Venda de imóveis da União em Dourados não tem interessados
DOURADOS
Jovem tem casa furtada no Jardim Santa Herminia
TRÁFICO
Casal é preso com droga que levaria para São Paulo
PANDEMIA
Mato Grosso do Sul recebe mais 277.330 doses de vacina contra a Covid-19

Mais Lidas

'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
EVENTO CLANDESTINO
PM encerra festa com pelo menos 2 mil pessoas em Dourados
POLO INDUSTRIAL
Expansão industrial impulsiona investimentos logísticos em Dourados
LOTERIA
Douradense fatura R$ 31 mil ao acertar na quina