Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Equipes iniciam resgate de corpos de acidente aéreo no Egito

03 janeiro 2004 - 18h21

Os primeiros corpos das 148 pessoas que morreram hoje no acidente com o avião egípcio no mar Vermelho foram recuperados, enquanto marinheiros dos navios de guerra italianos da força multinacional posicionada no Sinai participavam das buscas no litoral de Sharm el Sheik."Restos de corpos foram recuperados", afirmou o ministro egípcio da Aviação Civil, Ahmed Shafik, à televisão egípcia, acrescentando que "também foram recuperados pedaços do avião"."O aparelho teve um problema técnico pouco depois da decolagem, que causou uma perda de controle do avião, que caiu no mar ao sul do Aeroporto de Sharm el Sheik", declarou Shafik, que chegou ao balneário pouco depois do acidente.O avião ainda não havia alcançado muita altitude depois da decolagem, o que "dificultou a manobra do piloto", considerou Shafik, destacando que o aparelho estava "perfeitamente apto a voar, e foi submetido a todos os controles exigidos".O ministro das Relações Exteriores egípcio, Ahmed Maher, descartou a hipótese de um atentado terrorista para explicar o acidente."As buscas continuam para tentar encontrar a caixa preta do aparelho e determinar de maneira definitiva as causas do acidente", informou um funcionário da Aviação Civil.Lanchas rápidas da guarda-costeira egípcia recuperaram alguns destroços do avião, declarou à France Presse o diretor de um hotel de Sharm el Sheik, informando que tinha visto "dois equipamentos e pedaços de metal brancos de aproximadamente um metro, talvez as portas do aparelho, a bordo de uma lancha na baía de Naama", onde se encontram dezenas de hotéis e centros de mergulho.Aviões, helicópteros militares e navios estão conduzindo operações de busca a mais de um quilômetro do litoral, afirmou.Pequenos destroços do aparelho foram recuperados pelos socorristas, como mostraram imagens divulgadas pela televisão egípcia.Navios de guerra italianos estão participando das buscas, confirmou a cônsul italiana no Cairo, Federica Favi.O comandante do contingente italiano da força multinacional de observadores, posicionada na península do Sinai, está participando das operações de busca desde as 5h local (1h em Brasília

Deixe seu Comentário

Leia Também

COMITIVA
Temer se encontra primeiro-ministro interino do Líbano
COTAÇÃO
Dólar sobe e fecha acima de R$ 5,40 nesta sexta
SAÚDE
Leishmaniose fez três vítimas fatais e infectou 44 pessoas em MS neste ano
BOCAIÚVA
Operação mobiliza mais de 30 policiais contra o tráfico de papagaios em MS
EUROPA
Flamengo confirma saída de lateral Rafinha
DOURADOS
Jovens são detidos por algazarra em praça pública durante a madrugada
SAÚDE & BEM - ESTAR
A importância de manter seu plano de saúde neste momento
BANDEIRA LARANJA
Dourados segue com grau de risco médio em mapa estadual da Covid
TRÁFICO
Polícia apreende 1,5t de maconha durante ações nas BR's de MS
PANDEMIA
Mais de 60% dos municípios de MS declararam situação de calamidade pública

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades