Menu
Busca segunda, 30 de março de 2020
(67) 9860-3221

Equipes iniciam resgate de corpos de acidente aéreo no Egito

03 janeiro 2004 - 18h21

Os primeiros corpos das 148 pessoas que morreram hoje no acidente com o avião egípcio no mar Vermelho foram recuperados, enquanto marinheiros dos navios de guerra italianos da força multinacional posicionada no Sinai participavam das buscas no litoral de Sharm el Sheik."Restos de corpos foram recuperados", afirmou o ministro egípcio da Aviação Civil, Ahmed Shafik, à televisão egípcia, acrescentando que "também foram recuperados pedaços do avião"."O aparelho teve um problema técnico pouco depois da decolagem, que causou uma perda de controle do avião, que caiu no mar ao sul do Aeroporto de Sharm el Sheik", declarou Shafik, que chegou ao balneário pouco depois do acidente.O avião ainda não havia alcançado muita altitude depois da decolagem, o que "dificultou a manobra do piloto", considerou Shafik, destacando que o aparelho estava "perfeitamente apto a voar, e foi submetido a todos os controles exigidos".O ministro das Relações Exteriores egípcio, Ahmed Maher, descartou a hipótese de um atentado terrorista para explicar o acidente."As buscas continuam para tentar encontrar a caixa preta do aparelho e determinar de maneira definitiva as causas do acidente", informou um funcionário da Aviação Civil.Lanchas rápidas da guarda-costeira egípcia recuperaram alguns destroços do avião, declarou à France Presse o diretor de um hotel de Sharm el Sheik, informando que tinha visto "dois equipamentos e pedaços de metal brancos de aproximadamente um metro, talvez as portas do aparelho, a bordo de uma lancha na baía de Naama", onde se encontram dezenas de hotéis e centros de mergulho.Aviões, helicópteros militares e navios estão conduzindo operações de busca a mais de um quilômetro do litoral, afirmou.Pequenos destroços do aparelho foram recuperados pelos socorristas, como mostraram imagens divulgadas pela televisão egípcia.Navios de guerra italianos estão participando das buscas, confirmou a cônsul italiana no Cairo, Federica Favi.O comandante do contingente italiano da força multinacional de observadores, posicionada na península do Sinai, está participando das operações de busca desde as 5h local (1h em Brasília

Deixe seu Comentário

Leia Também

ADIAMENTO
COI anuncia novas datas para Olimpíada e Paralimpíada do Japão em 2021
CIDADE FANTASMA
Decreto que 'parou' Dourados completa uma semana e flexibilização é aguardada
COVID-19
Justiça destina recurso para presos de Dourados confeccionarem máscaras
DOURADOS
Ordem judicial prevê atendimento para 3 mil na fila de espera do Raio-X
FURTO
Vítima deixa carro em frente a residência e é furtado no Canaã I
FLAGRANTE
"Batida" em assentamento encontra espingardas e prende homem que ameaçava moradores
Educação
Sete plataformas digitais e metodologia para aprender inglês
ELEIÇÕES 2020
Por ora, eleições estão confirmadas para outubro
FURTO
Homem tem moto furtada em frente a condomínio no Jardim Caramuru
INFORME PUBLICITÁRIO
São Bento Incorporadora desenvolve seu novo site visando ampliar a experiência dos usuários

Mais Lidas

COVID-19
Dourados confirma primeiro caso do novo coronavírus
COVID-19
Mulher de 52 anos é o 2º caso de coronavírus em Dourados, total no Estado é de 31
DOURADOS
Estado avisou sobre contato entre douradense e morador da Capital com Covid-19
AQUIDAUANA
Quatro homens são autuados em R$ 10,4 mil por pesca predatória em MS