Menu
Busca quinta, 28 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Entram em vigor novas regras para propaganda de bebidas

10 abril 2008 - 13h41

A partir desta quinta-feira, dia 10 de abril, entram em vigor as novas regras do Conar (Conselho Nacional de Auto-Regulamentação Publicitária) para a propaganda de bebidas alcoólicas. Pela regulação, as propagandas desse tipo de bebida não podem ser imperativas e devem resguardar o princípio de proteção às crianças e adolescentes.

O órgão definiu que as peças publicitárias não podem ter apelo sensual nem cenas, ilustrações, áudios ou vídeos que sugiram a ingestão do produto. A propaganda também não poderá associar o consumo de bebidas alcoólicas à maturidade, coragem, êxito profissional ou social e maior poder de sedução.

Também deverão ser inseridas nas peças produzidas para rádio, TV ou mídia impressa, advertências do tipo 'Beba com moderação', 'Este produto é destinado a adultos' e 'Quem bebe menos se diverte mais'.

O advogado Pedro Szajnferber De Franco Carneiro, do escritório Pompeu, Longo, Kignel & Cipullo Advogados e diretor da ASPI (Associação Paulista da Propriedade Intelectual) acredita que as normas éticas do Conar são suficientes para regulamentar a propaganda de bebidas alcoólicas e rejeita a tese de que seja necessária uma lei que restrinja esse tipo de publicidade.

O Congresso Nacional discute no momento a aprovação do Projeto de Lei 2.730/08 que limita quase que por completo a propaganda de bebidas. "Simplesmente banir tal publicidade, como pretendem alguns setores do governo, não se afigura como medida mais acertada, porquanto não ataca o seio do problema", avalia.

De acordo com o advogado, o projeto restringe a publicidade de bebidas alcoólicas das 6 da manhã às 21 horas. "O Brasil é um país cujo furor legislativo é notório. O inconsciente geral tende a se acalmar na medida em que existam leis regulando todas as relações sociais. Todavia, proibir por lei a veiculação da publicidade de bebidas alcoólicas constitui grave violação à liberdade de pensamento e expressão comercial garantidas em nossa Lei Maior. Sob o pretexto de assegurar a saúde da população, é deixado de lado aspecto de fundo crucial na problemática das bebidas alcoólicas: sua facilidade de acesso por menores".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso suspeito de apontar arma para indivíduo por conta de recibo
JARDIM
Homem é preso suspeito de apontar arma para indivíduo por conta de recibo
PMA apreende petrechos proibidos de pesca nos rios Dourados e Brilhante
DOURADOS
PMA apreende petrechos proibidos de pesca nos rios Dourados e Brilhante
Covid-19: sexta-feira tem imunização em quatro pontos de Dourados
VACINAÇÃO
Covid-19: sexta-feira tem imunização em quatro pontos de Dourados
Mulher tem que treinar braço? As vantagens de exercitar os membros superiores
BELEZA E ESTÉTICA
Mulher tem que treinar braço? As vantagens de exercitar os membros superiores
Dourados tem mais nove confirmações de Covid e ultrapassa 100 casos ativos
PANDEMIA
Dourados tem mais nove confirmações de Covid e ultrapassa 100 casos ativos
DOURADOS
Alan anuncia o pagamento antecipado do 13º salário no Dia do Servidor Público
DOURADOS
Vídeo mostra caminhão 'entalado' no túnel de acesso ao Parque das Nações
BRASIL
Fiocruz e AstraZeneca assinam acordo para importação de IFA em 2022
DOURADOS
Condutor de caminhonete que "roletou" preferencial levava o avô para fazer exame
BRASIL
Câmara: votação da PEC dos precatórios pode ocorrer na próxima semana

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem formou consórcio com amigos para comprar e usar ecstasy em festas
LAGUNA CARAPÃ
Motorista morre prensado ao tombar caminhão na MS-379
DOURADOS
Jovem que se formou há dois meses é presa com ecstasy no Parque Alvorada
DOURADOS
Jovem negro e com tatuagem "Jesus Cristo", vítima fatal de acidente ainda não foi identificada