Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
(67) 99257-3397

Enersul inaugura prédio sustentável em Jardim

21 março 2008 - 06h29

Na cidade de Jardim, região Sudoeste do Estado, um projeto pioneiro acaba de ser inaugurado. É a construção de um escritório técnico, cem por cento direcionado para a preservação ambiental e sustentabilidade.
O maior diferencial é a captação da água da chuva como alternativa ecológicamente correta para a lavagem de pisos, rega dos jardins e descarga de vasos sanitários. Isso, a partir de agora, dispensa a utilização de água potável que era fornecida pelo sistema tratamento e abastecimento de água daquele município. Segundo o engenheiro civil, responsável pela obra, César Pessatto da Silva, a economia mensal é de mais de 13 mil litros por mês. “A água de chuva é captada através do telhado e em seguida enviada para uma cisterna, projetada e equipado para armazenar e melhorar a qualidade de água da chuva”, explica.
Esse volume economizado já traz ganho ambiental para o município. A água tratada que antes era consumida na simples tarefa de limpeza, hoje se tornou numa reserva valiosa capaz de abastecer com qualidade, 12 residências por ano. Alinhada à política de sustentabilidade do grupo Energias do Brasil, a construção do escritório técnico de Jardim deu outros ganhos ao ecossistema daquela região.
Como no bairro onde o prédio foi construído não tem rede de esgoto, o projeto foi equipado com um sistema biodigestor. Esse aparelho funciona como uma mini-estação de tratamento, para impedir que as descargas de sanitários causem poluição no solo e consequentemente, contaminem o lençol freático. “Fiz um curso em São Paulo sobre ecoprodutos e este era um dos temas abordados com maior nível de preocupação, em se tratando de futuro ambiental”, conta o engenheiro.
“As telhas para a cobertura do prédio também foram escolhidas obedecento critérios de sustentabilidade. O material utilizado no projeto de Jardim é de fibra mineral, sendo produzido com materiais ecologicamente sustentáveis”, esclarece César Pessatto. Para complementar esse conceito de compromisso com o futuro, as janelas do prédio foram projetadas para o melhor aproveitamento da luz solar e proporcionar economia de energia.
Para o Superintendente de Recursos Humanos e Serviços Gerais, Edson Gênova, este é mais um passo que a Enersul dá atendendo sua política de sustentabilidade e preservação ambiental. “Esta é uma construção inovadora no Estado e que demonstra nossa contribuição para o bem estar das gerações futuras. A consciência ecológica já está disseminada na nossa organização que avança em direção a práticas cada vez mais sustentáveis e coerentes com o meio ambiente”, conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem é amarrada, espancada e tem roupas rasgadas por ex
PRESO NO RIO
Ministro do STF nega transferência de Roberto Jefferson para hospital
TRÁFICO
Demitida por ir ao médico, mulher é presa com maconha em Aeroporto
UEMS
Auxílio Mobilidade Internacional abre inscrições para seleção de propostas
JUSTIÇA
Tenente filmado agredindo mulher é condenado a 1 ano e 5 meses
IMUNIZANTE
Fiocruz entrega 4,5 milhões de doses de vacina contra a covid-19
Menina diz ter sido estuprada por veterinário em festa de casamento
VIAGENS
Consulados dos Estados Unidos voltam a emitir visto para brasileiros
CORUMBÁ
Motorista que morreu em acidente viajava a trabalho de empresa alimentícia
POLÍTICA
Câmara de Dourados aprova mais 10 projetos de lei em Sessão Ordinária 

Mais Lidas

CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
DOURADOS
Namorada posta 'status' de jovem com arma, polícia rastreia carro e prende rapaz
DOURADOS
Três vias de Dourados passam a ser "mão única"
DOURADOS
Mulher "roleta" Weimar, causa acidente e deixa motociclista ferido gravemente