Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Enem deve ser informatizado a partir de 2007

10 abril 2006 - 09h26

Inscrições para Enem devem ser informatizadas em 2007 A partir do próximo ano, as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deverão ser informatizadas para dar maior agilidade e exatidão ao procedimento. A informação foi repassada pelo diretor de Avaliação para Certificação de Competência do Inep (Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Ataíde Alves, que foi recebido pelo secretário de Estado de Educação, Hélio de Lima.
De acordo com o representante do Inep, grande parte das fichas de inscrição não é preenchida pelo aluno e sim por um funcionário da escola. “Nós precisamos atender melhor esse candidato que hoje faz a inscrição em um papel e depois passa para outra pessoa digitar. Por causa desse processo de várias interferências, detectamos erros em um volume significativo”, explica Ataíde.
A informatização deverá diminuir o índice de evasão no dia do exame, que, de acordo com Ataíde Alves, chega a 43% dos inscritos. A informatização das inscrições representa economia para o governo federal, que tem custo de aproximadamente R$ 9 milhões por ano com o processo de inscrição do Enem. A expectativa é que a reestruturação dessa fase do exame contribua para atender à demanda de chamadas para a central de atendimento do Ministério da Educação, o Fala Brasil, que recebe cerca de 1,8 milhão de ligações. O Inep será responsável pela instalação do software e pela oferta de capacitação aos responsáveis por operá-lo.
O secretário Hélio de Lima se prontificou em facilitar a implantação do novo software para inscrições em Mato Grosso do Sul e lembrou que o Estado já utiliza sistema online de pré-matrículas para a rede estadual de ensino de Campo Grande, usando as salas de tecnologia educacional instaladas nas unidades escolares.
Hélio informou ao diretor de Avaliação para Certificação do Inep que o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), do qual o secretário de Mato Grosso do Sul é vice-presidente pelo Centro-Oeste, encaminhará sugestão de divulgação dos resultados do Enem. “É preciso tomar cuidado com os dados porque cada escola tem uma realidade, por isso é perigoso fazer ranking. Essa disputa não é educativa. O Enem não é para avaliar a escola”, afirmou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Comissão debate projeto que trata da segurança no armazenamento de dados dos consumidores
POLÍTICA
Comissão debate projeto que trata da segurança no armazenamento de dados dos consumidores
UFGD promove show com a banda Vokalika, nesta sexta
MÚSICA
UFGD promove show com a banda Vokalika, nesta sexta
PMA sobrevoa rio para planejamento de proteção de cardumes devido ao baixo nível de água
POLÍCIA
PMA sobrevoa rio para planejamento de proteção de cardumes devido ao baixo nível de água
Dourados diminui toque de recolher e libera música e sinuca, mas parques continuam fechados
NOVO DECRETO
Dourados diminui toque de recolher e libera música e sinuca, mas parques continuam fechados
ECONOMIA
Dólar tem nova queda e fecha a R$ 4,90
DOURADOS
Detetive que comandou execução de esposa e comparsa são transferidos para PED
POLÍCIA
Em ação conjunta polícia prende jovem suspeito de furtar três residências
BRASIL
Ministro do STF determina novamente prisão de Daniel Silveira
INFRAESTRUTURA
Governo e BB assinam contrato para investimentos em rodovias de MS
LOTERIA
Quina de São João paga R$ 190 milhões no próximo sábado

Mais Lidas

DOURADOS
Marido de mulher executada em emboscada é encaminhado para prestar depoimento
EXECUÇÃO
Bilhete ajuda SIG a prender suspeita de atrair detetive e atirador é localizado no MT
CAMPO GRANDE
Homem é espancado e confundido com serial killer depois de ser abandonado em rodovia
DOURADOS
Relacionamento conturbado e bens patrimoniais teriam motivado execução de Zuleide