Menu
Busca segunda, 01 de junho de 2020
(67) 99659-5905

Encontro estadual do PMN discutirá criação de federação

27 janeiro 2005 - 17h07

Nesta sexta-feira (28), o Centro de Eventos Rubens Gil de Camillo em Campo Grande receberá o Encontro Estadual do PMN (Partido Nacional da Mobilização Nacional). O evento começará às 9 horas, com a expectativa de receber mais de cem filiados.
 Aproveitando o Encontro, os peemenistas estarão reunidos com representantes do PSC, Prona, PT do B e PC do B para a discussão da criação de uma Federação de Partidos em Mato Grosso do Sul. Já confirmaram presença os presidentes do PSC, Wilson Joaquim; Prona, Izaque Mendes; PC do B, Moacir de Abreu; PT do B, Morivaldo Firmindo de Oliveira; e o vice-presidente do PV, Tião de Almeida.
Além dos vereadores Alcides Bernal (PMN) e Professor Rinaldo (PT do B). De olho na Reforma Política que está em andamento no Congresso Nacional e deve ser votada até outubro deste ano, o PMN iniciou em dezembro do ano passado a discussão com outros partidos emergente a fim de fortalecer as sigas em MS. A proposta que está em votação no Congresso prevê que os partidos alcancem no mínimo 2% de votos em todo o Brasil. Caso contrário, perderão espaço de propaganda no horário gratuito e ficarão de fora das Comissões do Legislativo.
 A Federação força ainda a fidelidade partidária temporária, mantendo o parlamentar no mesmo partido pela qual foi eleito por no mínimo três anos, e depois de constituída uma Federação, o tempo de existência dela não deverá ser inferior a três anos e meio.
Com a consolidação desta Federação em MS, os dirigentes acreditam na eleição de dois deputados estaduais e um deputado federal no próximo pleito eleitoral. No período da tarde da sexta-feira, os vereadores eleitos e representantes das executivas municipais do PMN discutirão o Projeto do PMN para 2006.
Segundo o presidente municipal do PMN, Ari Sandim, a idéia do Partido é elaborar um Plano de Governo que será levado à população sul-mato-grossense no próximo ano. “Vamos dividir o Estado em oito regiões, onde será neste encontro decidido as cidades-sede”, afirmou Sandim.
As reuniões em cada pólo vão de março deste ano a março de 2006, quando será finalizado o documento, mostrando a proposta do partido para as eleições, norteando as ações políticas de seus candidatos

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES 2020
Estratégias dos pré-candidatos com eventual adiamento das eleições
PANDEMIA
Mesmo com disparada do coronavírus, Dourados continua abaixo do isolamento recomendado
OPORTUNIDADE
Dourados começa a semana com mais de 60 vagas de trabalho abertas
DOURADOS
Despesa com pessoal chega a R$ 440 milhões e consome mais de 50% da receita em 12 meses
EDUCAÇÃO
Super Promoção em Junho Para Cursos Profissionalizantes
BRASIL
Cidades com menos de 15 mil habitantes devem usar pregão eletrônico
CAMPO GRANDE
Criança que teve 90% do corpo queimado em incêndio morre no hospital
DOURADOS
Licitação de R$ 5,4 milhões para empresa tapar buracos é adiada
SAÚDE & BEM - ESTAR
Cárie: tem muita coisa que você (ainda) não sabe
TRÁFICO DE DROGAS
Homem é preso transportando maconha em ônibus

Mais Lidas

PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos
DOURADOS
HU emite nota de esclarecimento sobre atendimento de mulher que morreu com Covid-19
DOURADOS
Homem é encontrado morto embaixo de ponte no córrego Laranja Doce