Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Encerra prazo para cadastro de agricultores ao Bolsa Estiagem

20 agosto 2004 - 08h23

Encerra-se hoje, dia 20 de agosto, o cadastramento dos agricultores familiares dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul que poderão receber a Bolsa Estiagem do governo federal. Cada família beneficiada pela medida receberá, em parcela única, um auxílio de R$ 300, sem necessidade de reembolso. Serão concedidas 65.898 mil bolsas, num total de R$ 19,7 milhões. Ao todo, são 549 municípios atendidos pelo governo federal com medidas emergenciais para minimizar os efeitos da seca, sendo a maior parte no Rio Grande do Sul (347 municípios), seguido por Santa Catarina (155), Paraná (32) e Mato Grosso do Sul (15). A ação é coordenada pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) e tem o apoio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O objetivo é atender famílias que estão em situação de risco alimentar por conta de perdas causadas pela seca nos estados da região Sul e Mato Grosso do Sul. A lista foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 23 de julho. Cada município terá direito a um número delimitado de bolsas fixado pelo governo. A relação de beneficiários será divulgada a partir de 26 de agosto por meio dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável. O Banco do Brasil estará encarregado de efetuar o pagamento do benefício entre 15 de setembro e 30 de novembro.Para ter direito à Bolsa Estiagem o agricultor precisa se enquadrar no grupo A, B ou C do Pronaf; não ter acessado os créditos de custeio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na safra 2003-2004; possuir renda média mensal de até dois salários mínimos; declarar perda de pelo menos 50% das culturas de soja, milho, feijão, algodão, arroz, mandioca ou banana (causada pela estiagem ou pelo ciclone “Catarina”, ocorrido no final de março) e ter Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Carteira de Identidade (CI). Os agricultores familiares atingidos pela seca que contrataram crédito de custeio junto ao Pronaf foram beneficiados com um desconto adicional de R$ 650,00 em seus financiamentos e o créditos de investimento tiveram a parcela deste ano prorrogada para o final do contrato.Os agricultores devem procurar a entidade prestadora de assistência técnica e extensão rural (Ater) do município para fazer o cadastramento. Os documentos serão enviados aos Conselhos Municipais de Desenvolvimento Rural Sustentável, ou entidade equivalente, que farão a escolha dos beneficiários.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASILÂNDIA
Jovem de 23 anos destrói recepção de hospital durante surto
BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados