Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

Embrapa quer expandir a atividade leiteira em MS

08 maio 2004 - 09h53

O potencial de expansão da pecuária leiteira e as políticas do governo estadual para o setor, que são discutidas na Câmara Setorial, reforçaram o interesse da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Leite em realizar o 4º Congresso Internacional do Leite em Mato Grosso do Sul. Segundo o chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, o Cerrado do Centro-Oeste, do qual faz parte Mato Grosso do Sul, tem uma tendência de expansão da bacia leiteira. “O Estado tem grande potencial”, observou.O chefe-geral da Embrapa Gado de Leite destacou a estrutura que o governo sul-mato-grossense dispõe, através do Instituto do Desenvolvimento Agrário, Assistência Técnica e Extensão Rural (Idaterra), para realizar parcerias que possibilitem a realização do Congresso Internacional do Leite. De acordo com Paulo do Carmo, os 250 técnicos do Idaterra podem ser preparados para oferecer uma assistência avançada aos produtores de leite. O dirigente da Embrapa explicou que “esse braço operacional” possibilita ao governo do estado desenvolver importantes políticas para o setor leiteiro em Mato Grosso do Sul, incluindo a especificidades do Estado, no tocante à agropecuária familiar, principalmente nos assentamentos. “Há uma preocupação em valorizar a produção”, afirmou.O mercado internacional, explicou Paulo, tem boas perspectivas para o leite brasileiro e seus derivados, principalmente em função da preocupação da FAO (Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação), no que se refere à oferta do produto, que é bem inferior à demanda. O chefe-geral da Embrapa Gado de Leite citou como exemplo a China. Apesar de ser um país em que a população não é tradicional compradora de leite, o consumo do produto cresceu de três litros para sete litros per capita/ano, levando-se em consideração, também, o produto consumido na forma de derivados. No Brasil são 130 litros per capita/ano, consumo ainda não-considerado ideal.O Brasil tem exportado leite para países da América Latina - México, Venezuela e Equador - e África. O produto não é exportado para a Europa. A idéia é expandir esse mercado internacional. Para isso, foi sugerido que o governador Zeca do PT inclua o tema na explicação que fará, na China, sobre pecuária sul-mato-grossense. Zeca vai ao país asiático na comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.O secretário de Estado da Produção e do Turismo, José Felício, disse que realização do Congresso Internacional do Leite em Mato Grosso do Sul “vai estabelecer um marco para o Estado, em torno da demanda pelo produto”, principalmente o longa-vida, que já tem uma fábrica em São Gabriel do Oeste, com a futura implantação de unidade da Avipal para processamento desse tipo de leite em Nova Andradina. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia flagra adolescente de 12 anos pilotando moto em alta velocidade
BELA VISTA
Polícia flagra adolescente de 12 anos pilotando moto em alta velocidade
STF julga se barra "legítima defesa da honra" em casos de feminicídio
BRASIL
STF julga se barra "legítima defesa da honra" em casos de feminicídio
Mulher é multada após deixar cachorra tomada por sarna e carrapatos
MAUS TRATOS
Mulher é multada após deixar cachorra tomada por sarna e carrapatos
MAIS DE MIL POR DIA
Ocupação elevada de UTIs pode aumentar média de vítimas de covid-19
Câmara de Dourados entrega o prêmio Marta Guarani na próxima segunda
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
Câmara de Dourados entrega o prêmio Marta Guarani na próxima segunda
MS
STF nega ação de governos estaduais sobre piso nacional do magistério da educação básica
LADÁRIO
Suspeito de planejar morte de policial é preso com auxilio de drone
MATO GROSSO DO SUL
Decisão do STJ será avaliada pela polícia antes de ser colocada em prática
CLIMA
Inmet estende até sábado alerta de chuvas intensas em Dourados
MEIO AMBIENTE
Prefeitura busca alternativas para recolhimento do lixo eletrônico em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados