Menu
Busca sábado, 27 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Embrapa lança núcleo da piscicultura e aposta nas parcerias

07 abril 2004 - 16h34

O primeiro núcleo de pesquisa voltado a gerar tecnologias para a piscicultura e aqüicultura no País estará em funcionamento já este ano e vai apostar na forte integração com a classe produtora. A garantia foi dada pelo chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste (empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Mário Artemio Urchei, na noite desta terça-feira, durante a abertura do 2º Seminário Estadual “Empreendendo o Peixe e o Turismo para o Desenvolvimento Local”, em Dourados. “Nós queremos, precisamos e estaremos em sintonia com os produtores”, enfatizou o chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste, durante o lançamento do núcleo, diante de uma platéia que lotava a Câmara de Vereadores de Dourados. Peça fundamental na geração de tecnologias, o núcleo vai entrar em operação até o final do semestre deste ano com um objetivo claro: fortalecer a cadeia produtiva do peixe em Mato Grosso do Sul, através da geração de tecnologias para o setor. Segundo Urchei, quanto mais próxima for a relação entre o núcleo de pesquisa e o produtor mais rápida e eficiente será a transferência efetiva da tecnologia produzida nos laboratórios para os tanques de produção. “O núcleo surgiu de demandas do setor produtivo, organizadas pela Câmara Setorial da Piscicultura, onde parcerias importantes foram construídas. Com isso, a Embrapa Agropecuária Oeste assumiu o compromisso de implantar o Núcleo da Piscicultura em Dourados”, afirmou Urchei. Para este ano, o novo núcleo vai receber um investimento de R$ 455 mil para começar suas operações. Os recursos vão financiar a construção de estrutura de tanques e laboratórios na Embrapa Agropecuária Oeste. Vieram da Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República (Seap/PR), R$ 204 mil; da própria Embrapa Agropecuária Oeste, R$ 195 mil, e de outros parceiros da cadeia produtiva e do governo do Estado, R$ 56 mil. Mercado promissor - Hoje, a piscicultura sul-mato-grossense produz em torno de 3 mil toneladas de peixes por ano, mas o governo do Estado e a Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca da Presidência da República (Seap/PR)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescente que teve 90% do corpo queimado por chapa morre em hospital
ECONOMIA
Aneel mantém bandeira amarela na tarifa de energia elétrica em março
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
MEIO AMBIENTE
Douradense é multado em R$ 55 mil por desmatamento de vegetação nativa
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
POLÍTICA
Senadora Soraya indica emendas no valor de quase R$ 1 bilhão ao Agro
Garoto de 14 anos morre ao ser lançado de carro durante capotagem
TJ/MS
Selo Justiça pela Paz em Casa começa a ser entregue nas comarcas
CRIME AMBIENTAL
Com imagem de satélite, PMA autua produtor de Dourados em R$ 55 mil
BRASIL
Governo adia novamente prazo de adoção da nova carteira de identidade
FRONTEIRA
Antes de ser executado, homem foi sequestrado e torturado
COVID-19
Distrito Federal decreta lockdown total a partir do próximo domingo

Mais Lidas

DOURADOS 
Operação desarticula quadrilha especializada em furtos de máquinas agrícolas
DOURADOS 
Mulher é esfaqueada na região central e encaminhada ao HV em estado grave
PARAGUAI
Quadrilha é presa com 1,4 tonelada de cocaína e até avião na fazenda de Pavão
DOURADOS 
Mulher que esfaqueou rival é autuada em flagrante por tentativa de homicídio