Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Embrapa desenvolve programas para a melhoria nutricional

09 maio 2005 - 15h14

A Embrapa Agropecuária Oeste, empresa vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com os Ministérios do Desenvolvimento Agrário e Social, vai adotar dois programas de médio prazo para a melhoria da qualidade nutricional dos índios da ReservaIndígena de Dourados, como forma de contribuir com as ações de combate à desnutrição nas aldeias do município.Segundo o diretor-executivo da Empresa, José Geraldo Eugênio, que integra a equipe interministerial do governo Lula, os trabalhos são ligados ao programa de sustentabilidade objetivando a produção de alimentos dos próprios povos indígenas. Um deles é a produção e seleção de sementes de feijão e milho e o outro é o estabelecimento de quintais orgânicos que serão desenvolvidos dentro de cada lote indígena para o plantio de árvores frutíferas visando o equilíbrio nutricional. A Embrapa já vem desenvolvendo ações de apoio a pequenos e médios produtores que representam mais de 3 milhões de famílias em todo o Brasil. Em Mato Grosso do Sul, a equipe foi acionada para a necessidade de desenvolver programas a médio e longo prazo. "Entendemos que uma das soluções é contribuir com a melhoria da qualidade da alimentação dos povos indígenas através de programas que visem o equilíbrio nutricional com a inserção de frutas, verduras e plantas medicinais no dia a dia da comunidade", explicou o diretor.A Embrapa inicia neste semestre projeto de incentivo ao plantio das mudas de árvores frutíferas e a produção de sementes de feijão e milho. A disponibilização das sementes e acompanhamento do programa nas aldeias devem começar em outubro. Outros projetos também serão desenvolvidos em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) para a construção de fossas assépticas. O objetivo é transformar os dejetos em adubos para utilização nos quintais agrícolas.Ações em andamento:Segundo o pesquisador Renato Roscoe, Chefe de Pesquisa em Dourados-MS, a Embrapa Agropecuária Oeste vem atuando fortemente nas discussões de políticas públicas para as comunidades indígenas de Mato Grosso do Sul. Destacam-se a participação na Carteira de Projetos do Fome Zero Indígena e no Seminário de Políticas de Sustentabilidade em Terras Indígenas no MS. "Vários projetos de pesquisa e desenvolvimento contemplam comunidades indígenas, como o Projeto Pólos Agroecológicos, Projeto de Sistematização de Experiências em Sistemas Agroflorestais, Banco de Germoplasma de Mandioca, Projeto de Fixação Biológica de Nitrogênio em Feijoeiro e os de Seleção de Variedades de Algodão e de Feijão-Caupi",complementa Roscoe. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Casal é preso enquanto aplicava golpe em seguradora da fronteira
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
POLÍTICA
Nelsinho Trad fará requerimento para profissionais de transporte de pessoas
DOURADOS
Motociclista morre no HV 18 dias após sofrer acidente no centro
UFGD
Prazo para inscrever projetos de Iniciação Científica termina na próxima semana
PMA de Dourados captura família de gambá no Jardim Água Boa
MEIO AMBIENTE
PMA de Dourados captura família de gambá no Jardim Água Boa
CÂMARA
Deputados aprovam urgência de projeto para privatizar os Correios
Transportando 26 cavalos ilegalmente, idoso é preso com dólares e reais
REGIÃO
Presidente da Assomasul destaca emenda que cria o ICMS Educacional 
DOURADOS
Polícia apreende 80 quilos de maconha na região do jardim Água Boa 
FERIADO
Judiciário de MS não terá expediente nesta quarta, dia 21 de abril

Mais Lidas

ASSALTO
Mulher tem carro roubado ao parar no semáforo em Dourados
POLÍCIA
Irmãos morrem após serem atropelados por caminhonete em rodovia
LOTERIAS
Mega-Sena premia uma aposta com R$ 40 milhões e 11 douradenses acertam a Quadra
DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro